Recordes Do Brasileirão A Serem Batidos Em 2019

O Brasileirão é (e sempre foi) considerado um dos torneios de futebol mais difíceis do mundo. E com o método de pontos corridos, apenas as equipes mais bem preparadas vencem, a sorte de vencer um time bem preparado em um mata-mata acabou.

Já com uma certa idade, esse campeonato já registra uma série de recordes e caminhando para a reta final da edição 2019, veremos agora alguns dos recordes a serem batidos ainda nessa edição.

Maior período invicto

01
Reprodução/Web
Reprodução/Web

Entre as edições de 1977 e 1978, quando terminou em 5º e 9º lugar, respectivamente, o Botafogo estabeleceu a maior série invicta registrada numa Série A, com 25 vitórias e 17 empates, somando inacreditáveis 42 jogos. O atacante Paulo César Caju era o destaque do Glorioso. A invencibilidade foi perdida na derrota para o Grêmio, por 1 a 0, com gol do atacante Renato Sá. Apesar dos números impressionantes, o Fogão não conquistou nenhum título. O “calcanhar de Aquiles” daquele time era a quantidade de empates.

Palmeiras 2019

02
Ale Cabral/Getty Images
Ale Cabral/Getty Images

O Palmeiras bem que tentou quebrar esse recorde, pois chegou a deter a maior série invicta na competição nacional. O Verdão não sabia o significado da palavra perder desde a derrota para o Fluminense por 1 a 0 fora de casa, no primeiro turno do Brasileirão do ano passado. Desde então, o clube acumulou 29 jogos de invencibilidade na competição, com 22 vitórias e sete empates.até que se deparou com o Ceará no dia 20 de julho, quando perdeu por 2×0

Ganhando do Flamengo

03
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Sofrendo do mal do “salto alto”, nosso amigo Felipão (aquele dos 7×1), queria emplacar um outro recorde, já que o Palmeiras não era derrotado pelo Flamengo há cinco anos: são quatro vitórias e cinco empates desde o revés em maio de 2014. No Brasileirão de 2018, os times ficaram no 1 a 1 nos dois encontros. Ainda que a igualdade não seja ruim para o Verdão como visitante, o time precisava encerrar o jejum de seis rodadas sem vitórias no campeonato, já que desde a .derrota para o Ceará, só empatou.

Não foi dessa vez

04
Mario Tama/Getty Images
Mario Tama/Getty Images

Contudo, a escrita foi bem mais fraca que o salto alto e o Clube de Regatas do Flamengo acabou despachando o Palmeiras e mandando nosso querido Felipão (que sonhava com uma nova longa sequência de invencibilidade) para a fila de empregos, emplacando uma bela vitória por 3×0.

A vice liderança dos “invencíveis” permaneceu então com o time do Santa Cruz com 35 jogos, sendo 22 vitórias e 13 empates no período entre 1977 e 1978

Maiores jejuns

05
Reprodução/TV Globo
Reprodução/TV Globo

Se temos times que ganham, temos times que perdem, mas para não criar uma lista interminável, falaremos apenas dos 12 maiores clubes do país. A equipe com o maior tempo sem conquistar o Campeonato Brasileiro é o Atlético-MG. O Galo foi campeão pela última (e única) vez em 1971. Ou seja, há 48 anos atrás. Exatamente, queridos leitores, tem gente lendo esse artigo que ainda não era nascida na ocasião!

Não que o Atlético Mineiro seja um time ruim, muito pelo contrário, porém, no Brasileirão, as coisas não tem sido fáceis para o Galo e tudo indica que esse recorde será quebrado!

Garantindo a posição

06
Luis Ramirez/Vizzor Image/Getty Images
Luis Ramirez/Vizzor Image/Getty Images

O pior de tudo – para o Atlético Mineiro é claro – é que tudo indica que esse título seguirá com ele por um bom tempo, já que o segundo colocado nesse triste ranking é o Internaconal – O “Campeão de Tudo”, conforme escrito na entrada de seu estádio – está sem vencer há 40 anos, ou seja, precisa ficar sem ganhar por mais oito anos para igualar esse recorde, sendo que o Atlético Mineiro precisa ganhar, que isso fique claro!

Resumindo, garantimos que esse triste recorde não será quebrado tão cedo!

Maiores pontuadores

07
Reprodução/Web
Reprodução/Web

O atual líder neste quesito é o Cruzeiro, que na temporada de 2003, fez uma campanha sensacional. A Raposa conquistou a incrível marca de 100 pontos ao final da competição.

Hoje, o líder do campeonato é o Flamengo, com 39 pontos, uma marca que parece pífia diante dos 100 pontos do recordista, mas o campeonato ainda não acabou. O problema é que o Rubro Negro não foi tão bem no início do campeonato, então achamos que essa marca não será quebrada esse ano.

Curiosidades sobre pontos

08
ORLANDO KISSNER/AFP/Getty Images
ORLANDO KISSNER/AFP/Getty Images

Já que estamos falando dos recordistas de pontos, ou seja, os times mais regulares, vale a pena conhecer os maiores pontuadores da história do Brasileirão.

O segundo colocado, por exemplo, é o Santos, que emplacou incríveis 89 pontos em 2004. Isso porque não ficou nada satisfeito por ter sido o segundo colocado no brasileirão de 2003 com 87 pontos, marca incrível, que ficou completamente ofuscada pelos 100 pontos do Cruzeiro nesse mesmo ano. Ou seja, o Santos passou por um período de regularidade invejável.

O melhor ataque do Campeonato Brasileiro em uma única edição

09
MARTIN BERNETTI/AFP/Getty Images
MARTIN BERNETTI/AFP/Getty Images

O melhor ataque do Campeonato Brasileiro em uma única edição pertence ao Santos, de 2004. Se você der uma olhada no slide anterior, verá que 2004 foi o ano onde o Santos faturou o campeonato com 89 pontos. Foram 104 gols marcados em 46 rodadas, porque naquela época o torneio tinha 24 clubes em turno e returno. A média de 2,23 por partida foi inferior à atual do Flamengo, de Jorge Jesus, de 2,27. Ao final da décima-nona rodada de 2004, o Santos tinha 41 gols.

Falando de pontos corridos…

10
Alan Morici/Brazil Photo Press/LatinContent via Getty Images
Alan Morici/Brazil Photo Press/LatinContent via Getty Images

Desde 2003, quando Luís Fabiano chegou ao gol número 15 na décima-oitava rodada, nenhum artilheiro marcava tantos gols a esta altura da campanha. O rubro-negro mantém a liderança com 39 pontos e o melhor ataque do campeonato alcançou 41 gols. Na história do Brasileirão por pontos corridos, com 20 clubes, só o Cruzeiro de 2013 marcou tantas vezes nesta altura. Naquele ano, o Cruzeiro ganhou o primeiro turno com 42 gols em 19 partidas e tinha os mesmos 41 gols em seu décimo-oitavo compromisso, como o Flamengo atual.

A maior média de gols

11
Peter Robinson – PA Images via Getty Images
Peter Robinson – PA Images via Getty Images

A maior média de gols de um clube no Brasileirão é do Palmeiras, terceiro colocado de 1979, com 16 gols em 5 partidas e índice de 3,20 por rodada. Naquela edição, o Palmeiras era regido por Telê Santana e entrou apenas na fase quartas-de-final. Venceu o Comercial-SP por 5 x 1, o São Bento por 4 x 0, o Flamengo por 4 x 1, perdeu do Internacional por 3 x 2 e empatou em Porto Alegre por 1 x 1 contra o mesmo Internacional.

Maior goleada

12
Reprodução/Web
Reprodução/Web

A maior goleada aplicada na história do Brasileirão aconteceu em 9 de fevereiro de 1983. O Corinthians venceu o Tiradentes, do Piauí, pelo placar de 10×1. O grande destaque do jogo foi Sócrates, que marcou quatro vezes na partida. Será que algum clube consegue superar esse feito em 2019? Muito difícil, já que para chegar na série A o time precisa ter um bom nível técnico, mas não diremos de jeito algum que é algo impossível, afinal, o líder Flamengo destruiu o Goiás por 6×1 na décima rodada.

Vários recordistas

13
VI Images via Getty Images
VI Images via Getty Images

Nessas 15 edições na era dos pontos corridos, o Brasileirão já contou com 41 clubes, sendo que apenas cinco estiveram em todas as edições, a saber: Flamengo, Fluminense, São Paulo, Santos e Cruzeiro, ou seja, o recorde de mais participações está uma verdadeira bola dividida. No entanto, a tabela de hoje indica que esse recorde será dividido por menos times ano que vem, uma vez que o Fluminense já está´na zona de rebaixamento com apenas 15 pontos e o Cruzeiro está quase lá, com apenas 18.

Maior artilheiro ainda em atividade

14
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Fred, que atualmente defende o Cruzeiro, tem 142 gols no Campeonato Brasileiro, é o quarto artilheiro da competição no geral e o maior em atividade. O centroavante passou por equipes como América-MG, Atlético-MG, Lyon (FRA) e Fluminense, onde ficou por sete anos e se tornou ídolo do time. Ao todo, já foram 347 bolas colocadas no fundo das redes ao longo da carreira, no entanto, para se tornar o maior artilheiro de todos os tempos e bater a marca de Roberto Dinamite, Fred precisa fazer mais 49 gols.

Maior número de vitórias

15
Divulgação/SPFC
Divulgação/SPFC

Um dos recordes que podem ser quebrados na edição 2019 do Campeonato Brasileiro é o time com maior número de vitórias na competição. Atualmente o líder do ranking é o São Paulo, que venceu 630 vezes. Logo atrás estão Cruzeiro, com 629 vitorias, e Corinthians, com 624. O Cruzeiro poderia (e ainda pode) quebrar esse recorde, mas pelo andar da carruagem, parece que teremos que esperar mais uns dois anos para ver esse feito concluído pela Raposa.

Maior público

16
Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

O recorde maior público é impossível de ser batido. Isso porque os 155 mil torcedores presentes em Flamengo x Santos, no Maracanã em maio de 1983 são números bem distantes da realidade atual do futebol nacional. O Maracanã atualmente tem capacidade para 78 mil espectadores e não há nenhum estádio no Brasil que comporte mais de 155 mil pessoas.

Se você não estava lá, imagine uma final de Brasileiro, no Maracanã, com Flamengo campeão e 155 mil pessoas. Certamente um espetáculo.

Menor público

17
Reprodução/RBS
Reprodução/RBS

No entanto, infelizmente, o recorde de menor público ainda pode ser batido. Atualmente o campeão neste triste quesito é o jogo entre Juventude e Portuguesa, em dezembro de 1997, que contou com apenas 55 pessoas na arquibancada.

Não é estranho, portanto, que hoje o Juventude esteja disputando a série C do campeonato brasileiro e o time da Associação Portuguesa de Desportos, chegou a disputar a série D e hoje está numa situação de partir o coração.

Gol mais rápido

18
Divulgação/NáuticoNet
Divulgação/NáuticoNet

Conte oito segundos no seu relógio. Pense no que você consegue fazer nesse período de tempo. Não conseguiu pensar em nada? Pois saiba que até hoje, o gol mais rápido marcado em um jogo de Campeonato Brasileiro aconteceu na partida entre Náutico e Atlético Mineiro em 18 de outubro de 1989. Naquela ocasião, o atacante Nivaldo, do Náutico, balançou as redes com apenas oito segundos de partida. Depois o Galo não quer ser o recordista de jejum…

Maiores artilheiros

19
Reprodução/Web
Reprodução/Web

E vamos fechar homenageando o Vasco da Gama com dois recordes: Roberto Dinamite é o maior artilheiro da história do Brasileirão com 190 gols marcados entre 1971 e 1992. Uma marca invejável e difícil de alcançar. O ex-jogador e atualmente comentarista Edmundo tem um lugar marcado nos recordes do Brasileirão. Ele marcou seis gols no jogo entre Vasco e União São João em setembro de 1997, sagrando-se o jogador com mais gols em uma mesma partida no torneio.