Os Jogadores Mais Velhos Que Estão Na Copa Do Mundo 2018

A Copa do Mundo da Rússia está bombando e os jogadores mais velhos continuam a defender suas seleções, oferecendo toda sua experiência.

A longevidade dos atletas é algo impressionante, e que vem aumentando ao longo da história do torneio mais importante do Mundo. Na última Copa, sediada no Brasil, tivemos a quebra de um recorde que já perdurava 20 anos. Naquela ocasião, Mondragón com seus 43 anos e três dias, superou a marca do atacante Roger Mila de Camarões, que em 1994, jogou com 42 anos, 1 mês e oito dias. E agora? Você sabe quais são os jogadores mais velhos? Confira nos slides a seguir os velhinhos da Copa do Mundo Rússia 2018!

Martín Silva

Clive Mason/FIFA via Getty Images
Clive Mason/FIFA via Getty Images

O goleiro Martín Andrés Silva Leites de 35 anos passou toda a carreira profissional na América do Sul, na qual jogou por equipes do Uruguai e Paraguai. Atualmente, Martin é titular do Vasco e está na equipe desde 2014. Silva integrou a Seleção do Uruguai desde as categorias de base. Foi o goleiro titular do Uruguai na Copa do Mundo Sub-17 em 1999, e participou também do Sul-Americano Sub-20 nas edições de 2001 e 2003.

Alfredo Talavera

Shaun Botterill – FIFA/FIFA via Getty Images
Shaun Botterill – FIFA/FIFA via Getty Images

Alfredo Talavera Díaz é goleiro e atualmente joga pelo Toluca, onde chegou em 2009, mesmo ano de sua estréia na seleção mexicana. Atuou em 27 partidas com as cores do país. Tem 35 anos e nasceu em setembro de 1982. Talavera estreou profissionalmente no Chivas Guadalajara devido a uma lesão do goleiro Oswaldo Sánchez, em 2005 e é presença constante na Seleção Mexicana de Futebol desde 2011.

Michael Umaña

A Costa Rica tem dois jogadores entre os mais velhos. Um deles é o zagueiro Míchael Umaña Corrales que tem 35 anos e vai para segunda Copa do Mundo. Hoje defendendo as cores do Persepolis FC, já faturou um Lamar Hunt U.S. Open Cup, uma MLS Cup e um Western Conference Championship pelo Los Angeles Galaxy.

Yeom Ki-Hun

HASSAN AMMAR/AFP/Getty Images
HASSAN AMMAR/AFP/Getty Images

Yeom Ki-Hun é de março de 1983 e tem 35 anos. Atua como meio campo e joga pelo Samsung Bluewings da Coréia do Sul. Também integrou a Seleção Sul-Coreana de Futebol na Copa do Mundo de 2010 e representou a Seleção Sul-Coreana de Futebol na Copa da Ásia de 2011. Será que ele fará a terceira Copa da carreira?

Eiji Kawashima

Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images
Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images

O goleiro do Japão Eiji Kawashima tem 35 anos e vai para a terceira Copa do Mundo. Ele foi o segundo goleiro da história do país a jogar na Europa, jogando no FC Metz, clube francês, desde 2016. Estreou no Japão em 2008 e já soma 82 jogos com a seleção.

Kari Arnason

Stuart Franklin – FIFA/FIFA via Getty Images
Stuart Franklin – FIFA/FIFA via Getty Images

A Islândia fará na Rússia a primeira participação em Mundiais e o volante Kári Árnason é o mais velho da equipe, com 35 anos. O zagueiro passou grande parte de sua carreira na Inglaterra e na Escócia, jogando pelo Plymouth, Rotherham United e Aberdeen. Kari entrou em campo 67 vezes com a Islândia.

Pepe Reina

David Ramos – FIFA/FIFA via Getty Images
David Ramos – FIFA/FIFA via Getty Images

O goleiro Pepe Reina da Espanha tem 35 anos. Ele foi reserva de Casillas nas Copas de 2006, 2010 e 2014. Foi campeão do mundo na África e da Europa em 2008 e 2012. Famoso por seu estilo de jogo um tanto quanto “agressivo”, zagueiro atua hoje pelo Besiktas e soma 91 jogos com a seleção de Portugal.

Luís Tejada

Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images
Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images

Desde a sua estréia no clube panamenho em 2001, Tejada passou por outras 16 equipes. O atacante é líder de gols na seleção juntamente com Blas Perez: foram 43 tentos. Após ter várias passagens por médios clubes sul-americanos, alguns clubes panamenhos e uma rápida passagem pelo futebol dos EUA, ele sagrou-se o segundo maior artilheiro de todos os tempos na Seleção Panamenha. Tejada, hoje com 36 anos, fez parte do elenco da Seleção Panamenha de Futebol da Copa América de 2016.

Bruno Alves

David Ramos – FIFA/FIFA via Getty Images
David Ramos – FIFA/FIFA via Getty Images

Bruno Alves é o zagueiro de Portugal e vai disputar na Rússia sua terceira Copa do Mundo. Em 2016, foi campeão da Eurocopa junto com Cristiano Ronaldo. Hoje em dia, o jogador de 36 anos faz parte da equipe do Rangers. Já passou pelo Porto, Zenit St Petersburg e Fenerbahce. Convocado em 96 ocasiões, balançou as redes 11 vezes.

Willy Caballero

Michael Regan – FIFA/FIFA via Getty Images
Michael Regan – FIFA/FIFA via Getty Images

Wilfredo Daniel Caballero Lazcano, ou somente Caballero, tem 36 anos e passou grande parte de sua carreira na Espanha antes de se transferir para o Manchester City, em 2014. Atualmente joga pelo Chelsea. Mas no dia 14/05/2018, foi convocado por Jorge Sampaoli para disputar a Copa do Mundo FIFA de 2018 pela Seleção Argentina.

Jalal Hosseini

BEHROUZ MEHRI/AFP/Getty Images
BEHROUZ MEHRI/AFP/Getty Images

O Irã tem um dos representantes mais velhos. O zagueiro Jalal Hosseini tem 36 anos e representou a Seleção Iraniana de Futebol na Copa da Ásia de 2007, 2011 e 2015 e na Copa do Mundo de 2014. Foi bem-sucedido no Irã, conquistando quatro títulos no Iran Pro League pelo Saipa e pelo Sepahan.

Jaime Penedo

Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images
Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images

Aos 36 anos, o goleiro Jaime Manuel Penedo Cano soma 129 partidas com o Panamá. Ingressou no Dínamo Bucareste em 2016, desde então fez mais de 40 partidas com a equipe. No Panamá, onde é considerado um dos jogadores mais importantes, teve relativo destaque defendendo o Árabe Unido. Ainda defenderia o Estudiantes e o Plaza Amador.

Blas Pérez

Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images
Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images

Blás António Miguel Pérez Ortega já passou por 19 clubes durante a sua carreira até chegar no Municipal, time da Guatemala. O atacante de 37 anos soma 43 gols com a seleção do Panamá e fez parte do elenco da Seleção Panamenha de Futebol da Copa América de 2016. Interessantes são seus apelidos: Conejo Blas e Super Ratón.

Felipe Baloy

Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images
Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images

O Panamá estreia na Copa da Rússia e é a seleção com mais veteranos, são três atletas. O volante Felipe Abdiel Baloy Ramírezcom 37 anos é um deles. Baloy tem pouco mais de 100 partidas com a seleção, porém marcou apenas três gols. Ele foi o primeiro jogador do Panamá a disputar o Campeonato Brasileiro, passando por Grêmio e Atlético Paranaense entre os anos de 2003 e 2005.

José Corona

Shaun Botterill – FIFA/FIFA via Getty Images
Shaun Botterill – FIFA/FIFA via Getty Images

O atleta de 38 anos José de Jesús Corona Rodríguez, passou toda a sua carreira em clubes mexicanos: jogou no Atlas, Tecos UAG e agora está no Cruz Azul como capitão da equipe. Ao todo, soma mais de 500 jogos na carreira, 52 foram com a seleção. Corona iniciou sua carreira no FC Atlas em 2002.

Tim Cahill

Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images
Maja Hitij – FIFA/FIFA via Getty Images

O australiano Timothy Filiga Cahill jogou tanto no Millwall quanto no Everton. No total, foram 528 jogos em ambas as equipes. Aos 38 anos, Cahill soma 50 gols em 106 partidas. Atua como meio-campo sendo conhecido como uma das maiores estrelas do futebol do seu país. Atualmente está sem clube e faz parte da Seleção Australiana. É conhecido por sua habilidade no cabeceio, apesar de sua baixa estatura.

Sergei Ignashevich

Lars Baron – FIFA/FIFA via Getty Images
Lars Baron – FIFA/FIFA via Getty Images

O russo Sergey Nikolayevich Ignashevich, de 38 anos, é de julho de 1979 e defende a seleção russa há mais de 15 anos. Sergei está no CSKA desde 2004. Já foram 541 aparições com a equipe. O zagueiro fez sua estréia em Copas na edição de 2014, no Brasil. Liderando a zaga russa, ele e os demais atletas pouco fizeram para evitar a eliminação da equipe na fase de grupos. Porém, na partida contra a Argélia, o zagueiro atingiu a marca de 100 jogos com a camisa da Rússia, e marcou cinco gols em doze anos de carreira internacional.

Rafa Márquez

Shaun Botterill – FIFA/FIFA via Getty Images
Shaun Botterill – FIFA/FIFA via Getty Images

Rafael Márquez Álvarez de 39 anos, é considerado um dos melhores jogadores mexicanos de todos os tempos. Passou grande parte da sua carreira no Barcelona, ​​onde fez 240 jogos entre as temporadas de 2003 e 2010. Atualmente, Marquez joga no México pelo Atlas. É ótimo defensor, cabeceador, cobrador de faltas além de possuir visão de jogo e lançamentos precisos, o que o levou até Seleção Mexicana. Mas apesar da maturidade conquistada em campos europeus, às vezes demonstra um temperamento demasiadamente explosivo em alguns momentos cruciais de partidas.

Essam El-Hadary

Jamie Squire – FIFA/FIFA via Getty Images
Jamie Squire – FIFA/FIFA via Getty Images

E o “vovô” campeão é Essam El-Hadary, que tem 45 anos. Seria o técnico de alguma seleção? Nada disso. El-Hadary é goleiro e capitão da seleção do Egito e o jogador mais velho convocado para um Mundial. Ele atua na seleção egípcia desde 1996, mas nunca tinha disputado uma Copa do Mundo. Não por acaso que foi escolhido para falar, ao lado do técnico Hector Cúper, na coletiva da véspera do jogo. Ele ressaltou algumas vezes que seu recorde pessoal não significa muito perto do feito do Egito em voltar para a Copa do Mundo.