Os Goleiros Mais Caros Da História Do Futebol

A posição de goleiro foi talvez a que mais evoluiu ao longo da história do futebol. Por isso, os valores pagos nas negociações envolvendo arqueiros são cada vez maiores. Até pouco tempo atrás era difícil imaginar que um clube pagaria 80 milhões de euros pela contratação de um jogador para essa posição. Isso aconteceu recentemente, e o aumento dos valores parece ser uma tendência!

Confira a seguir quem são os mais caros da história do futebol. Podemos adiantar que três brasileiros estão na lista dos 20 mais.

Petr Cech

GettyImages-1005582068
David Price/Arsenal FC via Getty Images
David Price/Arsenal FC via Getty Images

Nascido na Checoslováquia, Petr Cech ganhou reconhecimento e se tornou um dos grandes goleiros do mundo durante sua passagem pelo Chelsea. O jogador permaneceu na equipe entre 2004 e 2015, quando foi vendido para o arquirrival Arsenal por 14 milhões de euros. Mas antes disso, em 2006, um acidente quase interrompeu sua carreira.

Quando ainda jogava pelo Chelsea, Petr teve que ser submetido a uma cirurgia devido a uma fratura no crânio sofrida após uma colisão com o jogador Stephen Hunt do Reading. Desde então ele passou a usar um capacete para proteger sua cabeça. Acabou que o acessório virou uma espécie de marca do goleiro tcheco. Atualmente, aos 37 anos, ele é dirigente do Chelsea e jogador de hockey do Guildford Phoenix, da segunda divisão da Inglaterra.

Jan Oblak

GettyImages-1205624243
David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images
David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images

Jan Oblak também está na lista dos goleiros mais valiosos de todos os tempos. O atleta começou sua carreira no NK Olimpija Ljubljana, clube esloveno, e aos 17 anos foi contratado pelo Benfica.

Em julho de 2014, o Atlético de Madrid adquiriu seus direitos por 16 milhões de euros. Ele assumiu a titularidade em 2015, após a lesão de Miguel Ángel Moyà, e desde então vem se destacando no clube. Aos 27 anos, Oblak foi eleito o melhor goleiro do Campeonato Espanhol das últimas quatro edições.

Angelo Peruzzi

GettyImages-1200933
Claudio Villa/Allsport/Via Getty
Claudio Villa/Allsport/Via Getty

Angelo Peruzzi fez história no futebol italiano entre os anos 90 e 2000. Foi nessa época que ele se tornou multicampeão com o time da Juventus. Titular absoluto, o atleta venceu uma Champions League, um Mundial Interclubes e foi tricampeão italiano.

Depois de uma série de título e oito anos no time de Turim, o atleta foi contratado pela Inter de Milão, aos 29 anos, por 17,9 milhões de euros. Sua aposentadoria foi anunciada em agosto de 2007 após um clássico contra a Roma.

Claudio Bravo

GettyImages-1208913639
David Ramos/Getty Images
David Ramos/Getty Images

O chileno Claudio Bravo início de sua carreira no Colo-Colo e lá permaneceu até junho de 2006, quando foi transferido a Real Sociedad. Era o começo de uma trajetória vitoriosa na Europa.

Em junho de 2014, ele foi contratado pelo poderoso Barcelona, onde passou a dividir a titularidade com Ter Stegen e conquistou o bicampeonato do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei, além do título da Liga dos Campeões da temporada 2014/15. Sua saída aconteceu em 2016, quando o Manchester City pegou 18 milhões de euros ao clube catalão.

Sébastien Frey

GettyImages-51921596
New Press/Getty Images
New Press/Getty Images

Sébastien Frey é um dos goleiros mais famosos já revelados pela França. Mas sua história como atleta foi construída na Itália. O arqueiro ficou 15 anos na elite italiana, disputando mais de 400 partidas

Seu primeiro time italiano foi a Inter de Milão, onde ficou três anos. Em 2001, Frey foi contratado pelo Parma para substituir Gianluigi Buffon, vendido à Juventus. O valor da transferência? 21 milhões de euros! No Parma, ele se tornou titular absoluto e conquistou o seu único título da carreira: a Copa da Itália, em 2002. Porém, quem jogou como titular na grande final foi o brasileiro Cláudio Taffarel.

Alex Meret

GettyImages-1198381971
SSC NAPOLI/SSC NAPOLI via Getty Images
SSC NAPOLI/SSC NAPOLI via Getty Images

O italiano Alex Meret entrou para a lista de goleiros mais caros da história recentemente. Revelado pela Udinese, o atleta foi primeiro emprestado para o SPAL, onde se destacou. Ele ajudou na campanha que levou o clube para a Serie A após 49 anos na segunda divisão. No ano seguinte, em 2018, ele foi contratado pelo Napoli por 22 milhões de euros. Aos 21 anos, ele é considerado um dos nomes mais promissores da posição.

Pau López

GettyImages-1196583814
FILIPPO MONTEFORTE/AFP via Getty Images
FILIPPO MONTEFORTE/AFP via Getty Images

Aos 25 anos, o espanhol Pau López é o goleiro mais caro já contratado pela Roma. Após se destacar pelo Real Betis, ele foi negociado com o time da capital italiana por 23,5 milhões de euros.

“É uma responsabilidade quando um clube aposta tanto em um jogador. Não se pode saber neste momento como as coisas vão acontecer, mas prometo trabalho, humildade e sacrifício. Cabe a mim demonstrar que valho essa aposta. Tenho a serenidade e a tranquilidade suficientes para dar o máximo e para que as pessoas se orgulhem de mim”, disse o goleiro, em meados de 2019, logo após a sua contratação.

Bernd Leno

GettyImages-1210989484
Julian Finney/Getty Images
Julian Finney/Getty Images

Bernd Leno deixou o Bayer Leverkusen para jogar no Arsenal, que desembolsou 25 milhões de euros por um contrato de cinco temporadas. A transferência aconteceu no segundo semestre de 2018.

Bernard Leno começou sua trajetória nas categorias base do Stuttgart, chegando ao Bayer Leverkusen em 2011. O bom desempenho lhe rendeu a primeira convocação para a seleção da Alemanha em 2015, sendo depois chamado para disputar a Eurocopa de 2016. Anos depois, veio a transferência para o Arsenal. Em 01 de julho de 2019, o arqueiro alemão herdou a camisa 1 do clube inglês após aposentadoria do ídolo Petr Čech.

David de Gea

GettyImages-1206106960
Robbie Jay Barratt – AMA/Getty Images
Robbie Jay Barratt – AMA/Getty Images

O Manchester United também precisou desembolsar 25 milhões de euros quando quis tirar David de Gea do Atlético de Madrid em 2011. Por isso, o atleta espanhol aparece empatado na 11ª posição junto com o alemão Bernd Leno.

De Gea foi revelado pelo Atlético de Madrid e passou a atuar pelo time principal em 2009. Ele rapidamente passou a integrar a equipe titular, despertando o interesse de grandes clubes europeus, como o Manchester United e Arsenal. Poucos anos depois, foi anunciada sua saída. Na época, ela tinha 20 anos e já era apontado como sucessor de Iker Casillas na seleção espanhola.

Francesco Toldo

GettyImages-57332943
Paul Gilham/Getty Images
Paul Gilham/Getty Images

Em 2001, o italiano Francesco Toldo trocou a Fiorentina pela Inter de Milão por 26 milhões de euros. Durante sua carreira, o goleiro passou por Milan, Verona, Trento, Ravenna, antes de jogar por Fiorentina e Inter, onde conquistou títulos e reconhecimento. Ele também participou de duas Copas do Mundo pela Seleção Italiana, em 1998 e 2002. Sua aposentadoria foi anunciada em 7 de julho de 2010, quando ele já estava beirando os 40 anos.

Neto

GettyImages-1210401523
Diego Souto/Quality Sport Images/Getty Images
Diego Souto/Quality Sport Images/Getty Images

Em junho de 2019, Neto deixou o Valencia depois de duas temporadas para jogar no Barcelona. O clube espanhol informou que desembolsou 26 milhões de euros pelo goleiro brasileiro e que o valor poderá ser acrescido em 9 milhões de euros de acordo com as metas alcançadas pelo jogador e pelo time.

Ao comprar Neto junto ao Valencia, o Barcelona cedeu para o mesmo time o também goleiro Jasper Cillessen. Mais adiante detalhes sobre a negociação do holandês.

Jordan Pickford

GettyImages-1208200727
Julian Finney/Getty Images
Julian Finney/Getty Images

Jordan Pickford aparece na oitava colocação! Em junho de 2017, o atleta inglês custou 28 milhões de euros para o Everton, tornando-se o arqueiro mais caro da história do futebol inglês na época. Até então ele jogava pelo Sunderland.

Na mesma época, Pickford se tornou destaque da seleção inglesa. Em 2018, foi convocado para disputar a Copa do Mundo, tendo sido por muitos o melhor goleiro da competição. O prêmio Luva de Ouro, no entanto, foi dado para o belga Thibaut Courtois.

Manuel Neuer

GettyImages-1205273212
ANP Sport via Getty Images
ANP Sport via Getty Images

Aos 33 anos, Manuel Neuer é considerado por muitos como um dos melhores goleiros da atualidade. Por isso, os valores envolvendo o atleta são bem altos. Em 2011, ele deixou o Schalke 04 depois de mais de dez anos para jogar no Bayern de Munique. Sua transferência custou por 30 milhões de euros na época.

Atualmente, o goleiro alemão segue defendo o Bayern de Munique e a seleção de seu país, sendo capitão nos dois elencos. Vale lembrar que ele ganhou o título de melhor goleiro da Copa do Mundo de 2014, quando a Alemanha foi campeã no Brasil.

Jasper Cillessen

GettyImages-1185690337
Pablo Morano/MB Media/Getty Images
Pablo Morano/MB Media/Getty Images

Jasper Cillessen ocupa a sétima colocação. O goleiro neerlandês foi contratado pelo Barcelona, junto ao Ajax, na temporada 2016/2017, por 13 milhões de euros e cláusula de rescisão contratual fixada em 60 milhões de euros.

Após disputar apenas 32 jogos em três temporadas e amargar a reserva do alemão Ter-Stegen no clube catalão, o atleta foi vendido ao Valencia em uma negociação que girou em torno de 35 milhões de euros e envolveu Neto. Na verdade, a contratação de Cillessen foi uma troca não oficializada pelo brasileiro.

Thibaut Courtois

GettyImages-1209766073
David Ramos/Getty Images
David Ramos/Getty Images

Contratado pelo Real Madrid em agosto de 2018, Thibaut Courtois é o quinto da lista de goleiros mais caros de todos os tempos. O clube merengue desembolsou nada menos do que 35 milhões de euros para contratar o belga junto ao Chelsea.

Hoje com 27 anos, o goleiro também já foi destaque do Atlético de Madrid, rival do seu atual time, durante sua carreira. Ele atuou no clube entre 2011e 2014, quando estava emprestado pelo Chelsea.

Ederson

GettyImages-1209103289
Mateo Villalba/Quality Sport Images/Getty Images
Mateo Villalba/Quality Sport Images/Getty Images

Ederson é mais um brasileiro a fazer parte da lista. Em meados de 2017, o Manchester City precisou desembolsar 40 milhões de euros para contratar o goleiro junto ao Benfica.

Com isso, Ederson se tornou a transferência mais cara da história do clube português, ao lado do belga Axel Witsel, que foi para o Zenit, da Rússia, em 2013, pelo mesmo valor. Além disso, na época, ele se tornou o segundo goleiro mais caro da história do futebol.

Gianluigi Buffon

GettyImages-1202644800
Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images
Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images

Durante muito tempo, o italiano Gianluigi Buffon permaneceu no topo da lista. No total, foram 17 anos sendo o primeiro colocado. Em 2001, a Juventus pagou quase 53 milhões de euros para tirar o arqueiro do Parma. Mas o investimento valeu a pena. Buffon segue sendo considerado por muitos o maior goleiro da história, se tornou um dos maiores ídolos do time de Turim e também é jogador com mais partidas pela seleção italiana.

E ele foi desbancado por um brasileiro. Confira a seguir de quem estamos falando.

Alisson Becker

GettyImages-1203001827
Robbie Jay Barratt – AMA/Getty Images
Robbie Jay Barratt – AMA/Getty Images

O segundo goleiro mais caro da história é brasileiro e se chama Alisson Becker. Em julho de 2018, o jogador trocou a Roma pelo Liverpool. Para tirar o atleta da Itália, o clubes inglês precisou pagar 62.5 milhões de euros + 10 milhões em variáveis.

Mas o goleiro titular da Seleção Brasileira não ficou muito tempo em primeiro lugar. Confira a seguir o goleiro mais valioso de todos os tempos.

Kepa Arrizabalaga

GettyImages-1204962248
Jmes Williamson – AMA/Getty Images
Jmes Williamson – AMA/Getty Images

Poucos meses depois Alisson foi superado por Kepa Arrizabalaga, que atualmente é o goleiro mais caro da história do futebol. Você sabia disso? O atleta espanhol se transferiu do Athletic Bilbao, onde chegou com apenas dez anos, para o Chelsea por 80 milhões de euros. A negociação foi confirmada em agosto de 2018.

Na época com 23 anos, ele foi escolhido para substituir o belga Thibaut Courtois, vendido ao Real Madrid pouco tempo antes.

No Brasil

GettyImages-1189395427
MB Media/Getty Images
MB Media/Getty Images

Depois de ver essa lista, você deve estar se perguntando: “E quanto custa um jogador em atividade no Brasil?”. Nós temos a resposta. De acordo com o site “Transfermarkt”, especializado em valores de mercado, atualmente o goleiro mais valioso do futebol brasileiro é Diego Alves, do Flamengo.

Diego Alves está avaliado em 4,5 milhões de euros. Em segundo lugar aparece Cássio, do Corinthians, avaliado em 4 milhões de euros. Na terceira colocação, três jogadores estão empatados: Vanderlei (ex-Santos e atual Grêmio), Tiago Volpi (São Paulo) e Weverton (Palmeiras), todos avaliados em 3 milhões de euros.