Os Atletas Mais Bem Pagos De 2021

A pandemia de COVID-19 causou vários efeitos devastadores na indústria do esporte, com muito clubes e atletas sofrendo perdas maciças de receita. No entanto, os melhores do mundo praticamente não tiveram grandes perdas – pelo menos em termos financeiros.

Recentemente, a Forbes divulgou seu ranking anual dos atletas mais bem pagos do mundo e os valores arrecadados pelos primeiros da lista são surpreendentes. Com salários multimilionários e acordos de patrocínio que podem facilmente chegar a dezenas de milhões, estes são os atletas que mais arrecadaram nos últimos 12 meses!

Critérios

Peru v Brazil - South American Qualifiers for Qatar 2022
Paolo Aguilar-Pool/Getty Images
PAOLO AGUILAR/POOL/AFP via Getty Images

Para chegar nesta lista, a Forbes usou uma metodologia que contabilizou todos os prêmios em dinheiro, salários e bônus em um período que vai de 1º de maio de 2020 a 1º de maio de 2021.

Já os ganhos fora de campo foram computados por meio de uma estimativa de acordos de patrocínio, taxas de aparição e receita de licenciamento no mesmo período, bem como retornos em dinheiro de qualquer negócio operado pelo atleta. Não foram deduzidos impostos ou taxas de agentes e não foram incluídas receitas de investimentos.

Conor McGregor – US$ 180 milhões

UFC 257: Poirier v McGregor
Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty
Mike Roach/Zuffa LLC via Getty Images

O irlandês Conor McGregor não teria chegado nem perto de liderar a lista apenas com os US$ 22 milhões vindos de suas lutas. Na verdade, a maior parte de sua receita de US$ 180 milhões, o equivalente a R$ 948.961.678, foi construída fora do octógono do UFC.

McGregor ganhou cerca de US$ 158 milhões com a venda de sua participação na marca de uísque “Proper No. 12”. Ainda fora do mundo das lutas, com outros negócios, Conor embolsou mais US$ 8 milhões. Ou seja, o atleta de 32 anos provavelmente cairá algumas posições na lista de 2022.

Lionel Messi – US$ 130 milhões

La Liga 2020/2021, FC Barcelona - Celta de Vigo
Siu Wu/picture alliance via Getty Images
Quality Sport Images/Getty Images

Nascido em 24 de junho de 1987, o craque Lionel Messi segue sendo um dos melhores do mundo dentro de campo. Por isso, não nos surpreende que ele esteja entre os atletas mais bem pagos do planeta.

Embora tenha sido um ano tumultuado para o argentino, que teve uma tentativa fracassada e amplamente divulgada de deixar seu clube, o Barcelona, ele teve um bom ano em termos econômicos. O jogador recebeu nada menos do que US$ 97 milhões de seu o clube nos últimos 12 meses. Fora de campo, ele ganhou mais US$ 33 milhões.

Cristiano Ronaldo – US$ 120 milhões

Cristiano Ronaldo of Juventus FC celebrates with the trophy...
Nicolò Campo/LightRocket via Getty Images
Claudio Villa/Getty Images for Lega Serie A

Cristiano Ronaldo não fica muito atrás de Lionel Messi. O português recebeu cerca de US$ 120 milhões de 1º de maio de 2020 a 1º de maio de 2021. Por seus serviços prestados ao time da Juventus, ele faturou US$ 70 milhões, o restante veio de patrocínios e negócios.

Além de ser um dos melhores jogadores de todos os tempos, Cristiano Ronaldo também é o atleta mais seguido nas redes sociais, com mais de 200 milhões de seguidores apenas no Instagram, o que o torna um influenciador atraente. Aos 36 anos, o jogador da Juventus tem um contrato vitalício com a Nike, é garoto propaganda de marcas poderosas e está por trás de negócios envolvendo roupas, acessórios, hotéis e academias.

Dak Prescott – US$ 107.5 milhões

New York Giants v Dallas Cowboys
Tom Pennington/Getty Images
Dimitrios Kambouris/Getty Images for AT&T

Dak Prescott é outro atleta que está ganhando muito dinheiro em campo, sendo o líder entre as estrelas da NFL, liga esportiva profissional de futebol americano dos Estados Unidos. Após fechar um novo contrato por mais quatro anos, o quarterback recebeu um total de US$ 97,5 milhões do Dallas Cowboys, que incluiu um bônus de assinatura de US$ 66 milhões em cima de seu salário de US$ 31,4 milhões. Fora de campo, Prescott só recebeu cerca de US$ 10 milhões em acordos de patrocínios.

LeBron James – US$ 96.5 milhões

Los Angeles Lakers v Atlanta Hawks
Kevin C. Cox/Getty Images
Kevin C. Cox/Getty Images

O astro do basquete LeBron James, do Los Angeles Lakers, recebe um salário altíssimo, mas a maior parte de seus ganhos vem de patrocínios. No último ano, LeBron arrecadou US$ 31,5 milhões por seus esforços na quadra.

Mas, assim como Michael Jordan e outras estrelas da NBA que vieram antes dele, a maior parte do dinheiro de LeBron vem de acordos de patrocínio fora da quadra. Ele faturou nos últimos 12 meses nada menos do que US$ 60 milhões. É dinheiro que não acaba mais!

Neymar – US$ 95 milhões

Paris Saint-Germain v RSC Anderlecht - UEFA Champions League
Dean Mouhtaropoulos/Getty Images
John Berry/Getty Images

O camisa 10 do Paris Saint-Germain marcou presença mais uma vez na lista da Forbes. Desta vez, ele apareceu na sexta posição, com ganhos de US$ 95 milhões nos últimos 12 meses. Sendo assim, o brasileiro é o terceiro jogador de futebol mais bem pago do mundo, atrás somente do argentino Lionel Messi, do Barcelona, e do português Cristiano Ronaldo, da Juventus.

Boa parte do lucro de Neymar veio do campo: US$ 76 milhões. O restante veio de negócios e contratos milionários com marcas como a Puma.

Roger Federer – US$ 90 milhões

2019 Australian Open - Day 7
Darrian Traynor/Getty Images
Darrian Traynor/Getty Images

Roger Federer é o segundo tenista mais vencedor de todos os tempos, atrás apenas de Jimmy Connors no número total de vitórias. Com tantos resultados positivos, Federer merece ganhar uma boa quantia dentro das quadras. No entanto, o último ano foi atípico para o atleta suíço.

Fora de serviço durante grande parte do ano passado devido a uma lesão no joelho, Roger Federer ganhou quase todos os seus US$ 90 milhões em patrocínios com marcas como Rolex, Credit Suisse e Uniqlo.

Lewis Hamilton – US$ 82 milhões

F1 Grand Prix of Turkey
Peter Fox/Getty Images
Rudy Carezzevoli/Getty Images

Sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, o piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, é um dos atletas mais respeitados e famosos do mundo. Então, você não deve estar surpreso em ver o britânico entre os dez primeiros da lista.

Suas 11 vitórias na última temporada renderam a ele bons pagamentos de bônus, fazendo com que ele arrecadasse um total de US$ 70 milhões nas pistas. Já com patrocínios Lewis Hamilton recebeu US$ 12 milhões de marcas como Tommy Hilfiger, Monster Energy e Puma.

Tom Brady – US$ 76 milhões

Super Bowl LV
Mike Ehrmann/Getty Images
Mike Ehrmann/Getty Images

Casado com a modelo brasileira Gisele Bündchen, o jogador de futebol americano Tom Brady ganhou US$ 45 milhões em campo nos últimos 12 meses. Nada mal para um atleta de 43 anos! Mas ele fez jus ao seu alto salário!

Em sua primeira temporada com o Tampa Bay Buccaneers, ele ganhou um Super Bowl e se tornou o maior campeão da história do campeonato da NFL. Fora do campo, o quarterback arrecadou US$ 21 milhões com negócios e patrocínios.

Kevin Durant – US$ 75 milhões

Washington Wizards v Brooklyn Nets
Sarah Stier/Getty Images
Elsa/Getty Images

O jogador de basquete Kevin Durant foi generosamente recompensado por seu bom desempenho em quadra . Ele recebeu nada menos do que US$ 31 milhões em salários. Mas o astro do Brooklyn Nets também lucra com diversos negócios.

Ele tornou-se um magnata da mídia com a Boardroom e sua empresa Thirty Five Ventures. Ele foi produtor executivo de “Two Distant Strangers”, que levou para casa o Oscar de melhor curta de ação ao vivo recentemente. Além disso, o atleta comprou uma participação na Philadelphia Union da MLS (Major League Soccer). Durant também lucrou quando o Uber comprou a Postmates, tendo investido cerca de US$ 1 milhão na startup em 2016 a um preço de entrada com desconto.

Stephen Curry – US$ 74 milhões

Golden State Warriors v Portland Trail Blazers - Game Three
Jonathan Ferrey/Getty Images
Gregory Shamus/Getty Images

Stephen Curry, do Golden State Warriors, é mais um astro da NBA que recebe uma fortuna por ano! Aparentemente, uma média de mais de 30 pontos por jogo pode render a um jogador de basquete US$ 30,4 milhões por temporada. Aliás, muitos jogadores e analistas o consideram como o melhor arremessador da história da competição.

O maior pagamento do atleta norte-americano, no entanto, vem dos US$ 44 milhões em patrocínios.

Tiger Woods – US$ 62.3 milhões

The Masters - Final Round
Jamie Squire/Getty Images
Jamie Squire/Getty Images

O golfista multicampeão Tiger Woods não poderia ficar de fora. Aos 45 anos e com algumas polêmicas no currículo, ele segue sendo um dos principais nomes do esporte e ainda fatura alto com acordos publicitários.

No entanto, em 2021, Woods se envolveu em um grave acidente de carro que poderá exigir um longo tempo de recuperação. Por esse motivo, o atleta norte-americano pode despencar na próxima lista dos atletas mais bem pagos do mundo.

Kirk Cousins – US$ 60.5 milhões

Divisional Round - Minnesota Vikings v San Francisco 49ers
Ezra Shaw/Getty Images
Rey Del Rio/Getty Images

Quando sua carreira na NFL já dura mais de uma década e você recebe US$ 58 milhões por ano, você sabe que está fazendo algo certo. Cousins, de longe, não tem o mesmo prestígio que outros nomes da NFL, mas seu jogo em campo e um agente experiente fizeram toda a diferença para que ele estivesse nesta lista.

Em compensação, sua falta de reconhecimento rendeu a Cousins apenas US$ 2,5 milhões fora do campo. Não achamos que ele esteja insatisfeito, dado o valor que ele recebe de seu clube, o Minnesota Vikings.

Carson Wentz – US$ 59.1 milhões

Philadelphia Eagles v Arizona Cardinals
Christian Petersen/Getty Images
Christian Petersen/Getty Images

Carson Wentz fez sua quinta temporada na NFL em 2020 e teve um ano muito abaixo do esperado com o Philadelphia Eagles. Mas ele espera se recuperar com o Indianapolis Colts nesta temporada e a franquia da NFL está apostando alto no atleta, US$ 55,1 milhões para ser exato.

O quarterback ainda não provou exatamente que ele pode liderar uma equipe e é provavelmente por isso que ele lucra apenas cerca de US$ 4 milhões em patrocínios.

Tyson Fury – US$ 57 milhões

Tyson Fury Training Session
Mikey Williams/Top Rank Inc via Getty Images
Mikey Williams/Top Rank Inc via Getty Images

O britânico Tyson Fury é um dos boxeadores mais dinâmicos e divertidos do mundo. Em salários e bonificações, o campeão mundial dos pesos-pesados recebe US$ 50 milhões anuais, que são somados a mais US$ 7 milhões de patrocínios, totalizando US$ 57 milhões ao ano. Já pensou receber um valor desses em apenas 12 meses?

Se ele continuar ganhando no ringue, provavelmente veremos ele novamente na próxima lista, com valores ainda maiores em sua conta bancária.

Russell Westbrook – US$ 56 milhões

Indiana Pacers v Washington Wizards - Play-In Tournament
Will Newton/Getty Images
Will Newton/Getty Images

Russel Westbrook, estrela do Washington Wizards, arrecadou impressionantes US$ 29 milhões por seu trabalho nos últimos 12 meses. É uma grande soma de dinheiro que faz sentido para um cara encarregado de liderar uma franquia da NBA.

Westbrook é um dos poucos da lista que praticamente iguala seu salário da temporada com os valores arrecadados fora das quadras. Em 2021, Westbrook arrecadou cerca de US$ 27 milhões em patrocínios.

Rory McIlroy – US$ 52 milhões

Wells Fargo Championship - Round Two
Streeter Lecka/Getty Images
Streeter Lecka/Getty Images

O jogador de golfe profissional Rory McIlroy inicou sua carreira com apenas 18 anos, em 2007, tornando-se o jogador mais jovem a entrar no Top-50 mundial de seu esporte. Sua longevidade, simpatia e capacidade de vencer renderam a ele US$ 22 milhões no campo nos últimos 12 meses.

Seus patrocínios lhe renderam ainda mais dinheiro, cerca de US$ 30 milhões. Dada a longevidade de muitos jogadores nos torneios PGA e SPGA, esperamos ver o irlandês em mais dessas listas nos próximos anos.

James Harden – US$ 47 milhões

Boston Celtics v Brooklyn Nets - Game Two
Sarah Stier/Getty Images
Steven Ryan/Getty Images

Os US$ 28,8 milhões arrecadados por James Harden, do Brooklyn Nets, nos últimos 12 meses o colocam entre os 20 atletas mais bem pagos do mundo. É uma quantidade impressionante de dinheiro para um cara que provou que vale cada centavo ao longo dos anos.

Harden também recebeu US$ 19 milhões em patrocínios de várias fontes. Harden é patrocinado por muitas empresas e isso provavelmente significa que ele continuará recebendo uma fortuna a cada ano por um bom tempo.

Giannis Antetokounmpo – US$ 47.6 milhões

Milwaukee Bucks v Miami Heat - Game Three
Michael Reaves/Getty Images
Stacy Revere/Getty Images

O jogador de basquete profissional grego Giannis Antetokounmpo conquistou um ótimo salário de US$ 19,6 milhões e com um novo contrato de cinco anos no valor de US$ 228 milhões estabelecido em 2020, ele provavelmente acabará em nossas futuras listas de ganhos anuais para pelo menos mais alguns anos.

Além de seu enorme salário recebido no Milwaukee Bucks, a estrela da NBA também arrecada cerca de US$ 28 milhões com seus contratos de patrocínio.