As Imagens Mais Marcantes Da Copa Do Mundo 2018

Chega ao fim a Copa do Mundo 2018! A França conquistou o seu segundo título ao derrotar a Croácia, por 4 a 2, no Estádio Olímpico Lujniki, em Moscou. Com o troféu garantido no domingo, a seleção francesa empatou com Argentina e Uruguai, deixando Espanha e Inglaterra para trás.

A cerimônia de entrega de medalhas ficou marcada pela chuva que despencou no momento da premiação. Mas nada que estragasse a festa dos campeões. Separamos fotos incríveis dessa grande final e de outros momentos marcantes do Mundial disputado na Rússia. Confira!

Maradona rouba a cena

Foto: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images
Foto: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images

Caras e bocas! O torcedor mais ilustre da Argentina deu o que falar durante a Copa do Mundo. Diego Maradona cochilou, fumou charuto, dançou, teve que ser contido por seguranças, passou mal… O ex-dono da camisa 10 foi um personagem à parte durante os jogos de sua seleção no Mundial da Rússia. Mas para a sua tristeza, o time liderado por Lionel Messi deixou a competição nas oitavas de final, após perder para a França.

La Mano de Dios?

Foto: OLGA MALTSEVA/AFP/Getty Images
Foto: OLGA MALTSEVA/AFP/Getty Images

Momentos teatrais! Durante a vitória da Argentina contra a Nigéria, Maradona deu um show na tribuna do Estádio de São Petersburgo. Ele gritou muito, fez gestos obscenos e até dançou cúmbia com uma nigeriana. Na imagem acima, ele aparece comemorando o gol de Lionel Messi com os braços erguidos para o céu. Porém, terminada a partida, o ex-camisa 10 passou mal e precisou ser conduzido até um hospital. Algumas horas depois, ele avisou que estava tudo bem.

Canarinho Pistola

Foto: Lucas Figueredo/CBF
Foto: Lucas Figueredo/CBF

Ele ganhou o coração dos brasileiros. O Canarinho Pistola foi responsável por agitar a torcida na Rússia. Com sua “cara fechada”, uniforme amarelo de jogo e cerca de dois metros de altura, o mascote lançado pela CBF no fim de 2016 também virou fenômeno nas redes sociais. Durante a Copa 2018, diversos memes foram lançados na internet. O mascote já tem até conta no Twitter, onde acumula milhares de seguidores.

A Copa delas

Foto: Stanislav KrasilnikovTASS via Getty Images
Foto: Stanislav KrasilnikovTASS via Getty Images

As mulheres iranianas experimentaram algo novo durante a Copa do Mundo 2018. Na Rússia, elas tiveram a liberdade de assistir aos jogos de perto. Isso é algo inédito para muitas delas porque, em seu país, elas são proibidas de frequentar estádios e ginásios em eventos esportivos desde 1981. Pela lei local, elas não têm livre acesso às arenas. E no rosto de cada uma delas, o semblante era um só: de felicidade.

Que torcedor é esse?

Foto: Reprodução TV
Foto: Reprodução TV

Um torcedor russo ganhou os holofotes durante a partida entre Brasil e México. Yuri Torski conquistou fama nacional ao aparecer torcendo com a bandeira verde-amarela e olhando firmemente para a câmera. Diversos memes com o torcedor “estranho” viralizaram na internet. A identidade dele foi descoberta poucos dias depois. Com todo o sucesso, ele foi convidado para assistir Brasil x Bélgica pela Brahma, patrocinadora da entidade e da Copa do Mundo.

A campeã decepciona

Foto: Shaun Botterill/Getty Images
Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Uma verdadeira maldição! A Alemanha foi mais uma campeã a ser eliminada na fase de grupos. Esta foi a quarta de cinco Copas em que o campeão deixou o torneio ao fim da primeira fase desde 2002. O Brasil foi a exceção em 2006. Na foto, os alemães parecem não acreditar na eliminação precoce. Depois da derrota para a Coreia do Sul, por 2 a 0, eles se despediram da Copa do Mundo 2018.

James Rodríguez desolado

Foto: Reprodução TV
Foto: Reprodução TV

James Rodríguez foi o artilheiro da Copa de 2014. Neste ano, o camisa 10 era considerado o principal jogador da Colômbia. Porém, ele não teve condições físicas de jogar contra a Inglaterra e viu seu time ser eliminado nos pênaltis nas oitavas de final. Depois de Mateus Uribe errar a última cobrança, o meia do Bayer de Munique foi até o banco de reservas e não conteve as lágrimas. A imagem gerou comoção e também virou meme na internet.

Neymar também chora

Foto: GABRIEL BOUYS/AFP/Getty Images
Foto: GABRIEL BOUYS/AFP/Getty Images

O atacante brasileiro também desabou em lágrimas, mas por um motivo totalmente diferente.Após a vitória sobre a Costa Rica por 2 a 0, pela segunda rodada da fase de grupos, Neymar se ajoelhou em campo e não conteve a emoção. Ele foi o autor do segundo gol da primeira vitória brasileira na Copa do Mundo. E, pouco depois, ainda desabafou em postagem em rede social: “Nem todos sabem o que passei pra chegar até aqui, falar até papagaio fala, agora fazer … poucos fazem!! O choro é de alegria, de superação, de garra e vontade de vencer”.

Messi apático?

Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images
Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images

O craque Lionel Messi conquistou diversos títulos importantes com o Barcelona e já foi cinco vezes eleito o melhor do mundo. Mas falta algo em seu currículo: a Copa do Mundo. Nesta edição do torneio, o comportamento introspectivo de Messi a serviço da seleção argentina chamou atenção. Na Rússia, ele marcou só contra a Nigéria, no terceiro jogo da primeira fase, e manteve o tabu de jamais ter feito gols em mata-mata de Copa. A eliminação veio contra a França nas oitavas de final. E ele não conseguiu esconder sua frustração. Será que ele terá uma nova chance em 2022? No Catar, o camisa 10 já terá 35 anos.

CR7 também é eliminado

Foto: Ian MacNicol/Getty Images
Foto: Ian MacNicol/Getty Images

O atacante Cristiano Ronaldo teve grande importância durante a fase de grupos, quando marcou quatro gols, mas não conseguiu fazer a diferença nas oitavas de final. A eliminação de Portugal veio depois da derrota para o Uruguai por 2 a 1. Apesar da superioridade do adversário, CR7 deixou o campo decepcionado com o resultado. Dificilmente o camisa 7 terá uma nova chance de jogar a competição. No Catar, ele estará com 37 anos.

Um gesto nobre

Foto: JONATHAN NACKSTRAND/AFP/Getty Images
Foto: JONATHAN NACKSTRAND/AFP/Getty Images

Durante a partida entre Portugal e Uruguai, a imagem acima chamou atenção. O atacante Cristiano Ronaldo deu lição de humildade e espírito esportivo ao ajudar Cavani, craque do jogo, a deixar o campo após o uruguaio contundir a panturrilha. Que bela cena! Naquele momento, a Celeste já vencia por 2 a 1. Com o resultado, os portugueses se despediram da Copa do Mundo. Mas CR7 deixou a competição com moral.

A grande novidade da Copa

Foto: Kevin C. Cox/Getty Images
Foto: Kevin C. Cox/Getty Images

O sistema de vídeo-arbitragem VAR (sigla em inglês de video assistant referee ou árbitro assistente de vídeo) foi uma das principais atrações desta Copa, principalmente durante a fase de grupos. Segundo dados da Fifa, nos 48 jogos da primeira fase houve 335 consultas ao vídeo (média de 6,97 por jogo), das quais 14 mudaram a decisão da arbitragem em campo. Já entre oitavas e semifinais foram 110 consultas ao VAR em 14 jogos (média de 7,85), mas apenas duas revisões. Na final, o VAR foi decisivo. O segundo gol da França foi marcado depois do árbitro analisar o lance com a ajuda do vídeo.

Virou mania

Foto: Simon Hofmann – FIFA/FIFA via Getty Images
Foto: Simon Hofmann – FIFA/FIFA via Getty Images

Uma imagem que virou comum durante a Copa do Mundo 2018. Em diversos lances, jogadores foram vistos fazendo esse gesto acima como forma de pedir a revisão do lance. Mas vale lembrar que isso não é permitido pela Fifa. Jogadores que fizerem o gesto indicando uma televisão (usado pelo juiz para indicar que pediu auxílio do VAR) podem inclusive serem punidos com cartão. O que não aconteceu no Mundial da Rússia.

Imagem arranhada

Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP/Getty Images
Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV/AFP/Getty Images

Neymar deixou a Copa do Mundo 208 com sua imagem arranhada. Além de não render o esperado, o jogador virou piada internacional por conta do seu comportamento polêmico dentro e fora de campo. Desde a estreia contra a Suíça, ocasião em que bateu o recorde de faltas sofridas em um único jogo, o atacante brasileiro foi criticado por exagerar nas expressões de dor a cada falta sofrida.

Panamá em sua primeira participação

Foto:Stanislav KrasilnikovTASS via Getty Images
Foto:Stanislav KrasilnikovTASS via Getty Images

Os jogadores do Panamá protagonizaram uma cena emocionante. Mesmo encerrando a Copa do Mundo com a pior campanha entre as 32 seleções, eles se reuniram no campo para agradecer pela participação. Após a derrota para a Tunísia, os panamenhos se reuniram no gramado, ajoelharam e fizeram uma reza. Durante o seu primeiro Mundial, o Panamá sofreu três derrotas e marcou apenas dois gols.

Que defesa!

Foto: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images
Foto: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images

O goleiro Jordan Pickford, da Inglaterra, fez uma defesa inacreditável na disputa de pênaltis contra a Colômbia em duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Ele se esticou todo para defender a cobrança do atacante adversário Carlos Bacca, o que foi fundamental para a classificação do seu país às quartas de final do torneio mundial. Apesar da sua boa atuação na Copa, quem levou o troféu de melhor goleiro da Copa foi o belga Thibaut Courtois.

O eterno pé-frio

Foto: Jean Catuffe/Getty Images
Foto: Jean Catuffe/Getty Images

Parece que Mick Jagger realmente não dá sorte aos times que torce. Desta vez, a “maldição” caiu sobre o próprio país do cantor. Presente no estádio de Lujniki para torcer pela Inglaterra, ele viu sua seleção ser eliminada pela Croácia na semifinal da Copa do Mundo. Pouco antes da partida, Jagger postou no seu Instagram um vídeo incentivando a seleção inglesa: “Vamos, Inglaterra”. Será que ele vai ter coragem de aparecer em 2022?

Fotógrafo é derrubado

Foto: Dan Mullan/Getty Images
Foto: Dan Mullan/Getty Images

Uma cena hilária! Os jogadores da Croácia derrubaram o fotógrafo salvadorenho Yuri Cortez, da AFP, durante a comemoração do gol de Mario Mandzukic na prorrogação contra a Inglaterra, mas tudo bem! Os atletas croatas pediram desculpas logo após o incidente e o profissional ganhou até um beijinho do zagueiro Vida. Com o gol, a Croácia venceu os ingleses por 2 a 1 e se classificou para a final da Copa do Mundo pela primeira vez em sua história.

Comemoração polêmica

Foto: Clive Rose/Getty Images
Foto: Clive Rose/Getty Images

Não é só futebol! Essa frase ganhou ainda mais força na vitória, de virada, da Suíça sobre a Sérvia, por 2 a 1. Na celebração dos gols suíços, Granit Xhaka e Xherdan Shaqiri (foto) fizeram um gesto em referência à águia negra de duas cabeças, presente na bandeira da Albânia. A intenção era fazer uma homenagem ao Kosovo, em que a maioria do povo é descendente de albanenses. O Kosovo é uma região que fica dentro do território da Sérvia e declarou independência no início de 2008. A decisão foi unilateral, já que os sérvios não reconhecem o processo e admitem essa região como parte de seu país. Alguns dias depois, a Fifa anunciou que os dois atletas foram multados por conta da atitude.

Brasileiros participam de cerimônia

Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images
Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images

Ronaldo Fenômeno foi chamado para a cerimônia de abertura. No encerramento foi a vez de Ronaldinho Gaúcho aparecer em campo. Campeão em 2002 pelo Brasil, o ex-jogador tocou tambor e foi ovacionado pelos torcedores antes de França x Croácia pela final da Copa do Mundo 2018. O evento de despedida contou com um clipe mostrando os melhores momentos do torneio, e também com apresentação da música oficial do torneio, interpretada por Will Smith, Era Istrefi e Nicky Jam. Ronaldinho participou quando a soprano russa Aida Gariffulina cantava a canção “Kalinka”.

O craque da final

Foto: Matthias Hangst/Getty Images
Foto: Matthias Hangst/Getty Images

O francês Antoine Griezmann foi escolhido pela Fifa o craque da final entre França x Croácia. Com exceção do gol de Mbappé, o quarto contra os croatas, o atacante participou de todas jogadas que resultaram em gols do seu time partir das quartas de final – ou dando a assistência, ou fazendo o gol. No domingo, ele sofreu a falta e fez a cobrança que resultou no gol contra de Mandzukic. Alguns minutos depois, ele bateu o pênalti do segundo gol da França. Para finalizar sua grande participação, Griezmann deu a bola para Pogba marcar o terceiro.

O craque da Copa

Foto: Catherine Ivill/Getty Images
Foto: Catherine Ivill/Getty Images

O meia Luka Modric foi escolhido o craque do Copa do Mundo 2018, mesmo não fazendo parte da equipe campeã. Ainda segundo a Fifa, o belga Eden Hazard foi o segundo melhor da competição, à frente do francês Antoine Griezmann. A escolha por Modric mantém uma sequência de prêmios dados a jogadores que não vencem o Mundial. O último jogador campeão a ser eleito o melhor da competição foi Romário, com o Brasil, em 1994. Desde então, Ronaldo (1998), Oliver Kahn (2002), Zinedine Zidane (2006), Diego Forlán (2010) e Lionel Messi (2014) levaram o prêmio sem levantarem a taça.

A revelação

Foto: Matthias Hangst/Getty Images
Foto: Matthias Hangst/Getty Images

Nenhuma surpresa! O francês Kylian Mbappé levou o troféu de revelação da Copa do Mundo 2018. Com 19 anos, ele foi um dos protagonistas desta edição. Além de deixar sua marca na final, ele entrou para uma lista seleta de jogadores com menos de 20 anos que atuaram em decisões. Antes dele, só o uruguaio Rubén Morán (50), Pelé (58) e o italiano Bergomi (82). Porém, apenas ele e o brasileiro Pelé marcaram em uma final.

O artilheiro

Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images
Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images

O capitão inglês Harry Kane foi o artilheiro desta Copa. E ele só precisou de três partidas para conseguir esse feito. Foram seis gols marcados na Rússia. O atacante do Tottenham fez dois gols contra a Tunísia, na estreia do Mundial. Na partida seguinte, ele conseguiu um hat-trick durante a goleada de 6 a 1 sobre o Panáma. Depois, foi poupado no jogo com a Bélgica. O jogador ainda marcou um gol no empate de 1 a 1 com a Colômbia, derrotada pelos ingleses nos pênaltis. Nas quartas, semifinal e na disputa do terceiro lugar, o atleta não conseguiu balanças as redes.