20 Curiosidades Sobre o Goleiro Alisson Becker

O goleiro Alisson Becker vem se destacando no Liverpool, bem como na Seleção Brasileira. Mas ele não alcançou o sucesso da noite para o dia. Desde de criança, o gaúcho vem treinando de forma consistente para se tornar um dos melhores goleiros do mundo.

E o sonho se tornou realidade nos últimos anos. Desde que deixou o Internacional para jogar na Europa, Alisson é considerado um dos maiores destaque de sua posição. O sucesso é tanto que, em meados de 2018, o brasileiro se tornou o goleiro mais caro da história.

Mas há também fatos curiosos sobre sua vida pessoal, como o fato dele ser casado com uma médica. E você sabia que ele desbancou seu próprio irmão nos tempos de Internacional? Confira a seguir fatos sobre a infância, a carreira e vida pessoal de Alisson Becker.

O começo de sua trajetória

familia-becker
Reprodução
Reprodução

O gaúcho Alisson Ramses Becker nasceu no dia 2 de outubro de 1992 em Novo Hamburgo, a menos de 50 quilômetros de Porto Alegre, e cresceu em uma família católica de classe média.

Seus pais, Magali e José Agostinho, sempre apoiaram o interesse do filho pelo esporte. Seguindo os passos do irmão, Muriel, seis anos mais velho, Alisson começou sua trajetória nas categorias de base do Sport Club Internacional ainda criança. Curiosamente, os dois irmãos optaram por atuar no gol.

Desbancou o próprio irmão

murielealisson
Reprodução/Arquivo Pessoal
Reprodução/Arquivo Pessoal

Alisson ganhou sua promoção à equipe principal do clube gaúcho depois que Muriel precisou se afastar dos treinos devido a uma lesão. Sua primeira partida como profissional aconteceu em 17 de fevereiro de 2013, quando foi titular no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro-RS pelo Campeonato Gaúcho.

Até Muriel se recuperar da lesão, o Alisson jogou sob comando do técnico Dunga e foi bem. As boas atuações o levaram a ser uma opção para o gol no decorrer da temporada. Mas a titularidade só veio um ano depois.

Ganhou também a disputa contra Dida no Internacional

alisson.inter
Alexandre Lops / Inter
Alexandre Lops / Inter

No final de 2013, Alisson ganhou mais um concorrente para a posição: Dida, que havia se juntado ao Internacional após o fim de contrato com o rival, Grêmio. No entanto, poucos meses depois, Alisson desbancou Dida.

Alisson assumiu a titularidade da equipe a partir da partida contra o Fluminense pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, quando Dida cumpria suspensão e seu irmão estava lesionado. O técnico Abel Braga também tinha o Agenor, mas ele preferiu escalar Alisson. O caçula da família Becker acabou se destacando nos confrontos seguintes e garantiu a posição.

Titular absoluto no Inter

Tigres UANL v Internacional - Copa Bridgestone Libertadores 2015
Mario Ocampo/LatinContent via Getty Images
Mario Ocampo/LatinContent via Getty Images

Mesmo com Dida no elenco, Alisson começou o ano de 2015 como titular absoluto. E ele teve importante participação na campanha do Internacional na Copa Libertadores da América de 2015, ajudando os gaúchos a chegarem até as semifinais da competição. Mas ele não ficaria muito tempo no Brasil.

Em outubro de 2015, o empresário de Alisson avisou que seis clubes do primeiro escalão europeu teriam enviado sondagens para contar com o jogador em 2016. E não demorou muito para o arqueiro deixar o clube gaúcho.

Alisson deixa o Inter

Internacional v Gremio - Series A 2015
Lucas Uebel/Getty Images
Lucas Uebel/Getty Images

Alisson assinou um pré-contrato com a Roma em fevereiro de 2016. O time italiano pagou cerca de 7,5 milhões de euros ao clube gaúcho. Mas Alisson ainda permaneceu no Brasil por mais alguns meses. Seu último jogo pelo Colorado foi em 15 de maio de 2016, no empate sem gols em casa contra a Chapecoense, válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro

Durante seus quatro anos entre os profissionais do Inter, Alisson fez mais de 100 jogos em todas as competições e conquistou o título do Campeonato Gaúcho em todos os anos que jogou (2013, 2014, 2015 e 2016).

Estreia de Alisson com a camisa da Roma

Alisson Ramses Becker of AS Roma looks on before the...
Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images
Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images

Alisson concluiu sua transferência para a Roma em julho de 2016. Apesar de suas qualidades, o brasileiro não foi titular em sua primeira temporada na Itália. Posteriormente, ele revelou à imprensa que até chegou a pensar em deixar o clube por conta das poucas oportunidades em campo. Naquela temporada, ele foi utilizado somente em jogos da Liga Europa e da Copa da Itália.

No entanto, após a saída do goleiro titular Wojciech Szczęsny, Alisson recebeu a camisa 1, o que o tornou o goleiro titular do time. Era o começo de uma carreira de sucesso na Europa.

Destaque na Champions League

Liverpool v A.S. Roma - UEFA Champions League Semi Final Leg One
Clive Brunskill/Getty Images
Clive Brunskill/Getty Images

Quando Szczęsny foi para a Juventus na temporada seguinte, Alisson entrou para o time titular e não saiu mais. Seu primeiro jogo no Campeonato Italiano foi contra o Atalanta, no dia 20 de agosto de 2017, quando seu time garantiu a vitória por 1 a 0.

Além das boas atuações no campeonato nacional, Alisson também se destacou na Champions League. Ele não sofreu nenhum gol no estádio da Roma até a partida da semifinal contra o Liverpool, em 2 de maio de 2018. Os italianos venceram por 4 a 2 naquela noite, mas acabaram perdendo por 7 a 6 no total.

Alisson troca a Roma pelo Liverpool

AS Roma v Shakhtar Donetsk - UEFA Champions League Round of 16: Second Leg
Chris Brunskill Ltd/Getty Images
Chris Brunskill Ltd/Getty Images

Titular em quase todos os jogos na temporada 2017/18 e com atuações cada vez mais seguras, Alisson se consolidou como um dos melhores goleiros futebol europeu. Seu desempenho no Campeonato Italiano e na Champions League chamou bastante a atenção da mídia e também do Liverpool, que se mostrou interessado em contratar o astro brasileiro.

Outros clubes, como o Real Madrid e Monaco, também demostraram interesse no atleta, mas seu destino foi mesmo a Premier League.

Entre os goleiros mais caros da história

Bologna FC v AS Roma - Serie A
Mario Carlini / Iguana Press/Getty Images
Mario Carlini / Iguana Press/Getty Images

Em julho de 2018, Alisson trocou a Roma pelo Liverpool. Para tirar o atleta da Itália, o clubes inglês precisou desembolsar nada menos do que 72,5 milhões euros. Com isso, Alisson se tornou o goleiro mais caro do mundo.

Mas o goleiro titular da Seleção Brasileira não ficou muito tempo em primeiro lugar. Poucos meses depois ele foi superado por Kepa Arrizabalaga, que atualmente é o goleiro mais caro da história do futebol. O atleta espanhol se transferiu do Athletic Bilbao para o Chelsea por 80 milhões de euros. A negociação foi confirmada em agosto de 2018.

A grande temporada

Liverpool v Barcelona - UEFA Champions League Semi Final: Second Leg
Shaun Botterill/Getty Images
Shaun Botterill/Getty Images

No dia 12 de agosto de 2018, Alisson realizou sua primeira partida pelos Reds. Sua estreia foi na vitória por 4 a 0 sobre o West Ham, válida pela primeira rodada da Premier League. Logo na primeira temporada, o brasileiro conquistou o prêmio Luva de Ouro do Campeonato Inglês, dado ao goleiro que passa mais jogos sem sofrer gols na competição.

Na Champions League 2018/19, Alisson foi fundamental para o avanço de sua equipe até a fase eliminatória, depois de fazer uma defesa brilhante contra o Napoli, último jogo da fase de grupos. Já na segunda partida das semifinais, ele teve papel de destaque para que o seu time eliminasse o Barcelona e garantisse vaga na final.

A conquista da Champions League

Tottenham Hotspur v Liverpool - UEFA Champions League Final
Jose Breton/NurPhoto via Getty Images
Jose Breton/NurPhoto via Getty Images

Na semifinal da Champeions League, contra o Barcelona, Alisson foi fundamental. O goleiro brasileiro fez uma série de defesas impressionantes no segundo encontro, quando o Liverpool venceu por 4 a 0 e conseguiu reverter o placar de 3 a 0 feito pelos espanhóis na partida de ida no Camp Nou.

Na grande final, Alisson se manteve sem sofrer gols contra o Tottenham e conquistou seu primeiro título com o Liverpool logo na temporada de estreia. No mesmo ano, ele conquistou o Mundial de Clubes e foi eleito o melhor goleiro do mundo e recebeu o prêmio Fifa The Best.

Quanto Alisson ganha?

Tottenham Hotspur v Liverpool FC - Premier League
Matthew Ashton – AMA/Getty Images
Matthew Ashton – AMA/Getty Images

Os jogadores de futebol são alguns dos atletas mais ricos do mundo, e essa tendência de receber salários altos também é vivida por Alisson Becker. Campeão europeu e da Premier League pelo Liverpool, ele recebe atualmente um salário de cerca de R$ 2,5 milhões, segundo o site Spotrac.

O goleiro que melhor recebe na Premier League é David de Gea, do Manchester United. Depois que assinou um novo contrato com o clube, o atleta espanhol passou a receber R$ 2,8 milhões por semana.

Não teve problemas com o idioma

alisson
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Alisson é descendente de alemães. Seu pai, assim como sua avó, fala alemão fluentemente. Por isso, o alemão não é uma língua estranha para o goleiro. Além disso, Alisson domina o inglês e não teve problema para se comunicar quando foi contratado pelo Liverpool, embora tenha estranhado o sotaque.

“O sotaque britânico é difícil para eu entender. No Brasil, estamos mais acostumados a escutar o inglês americano. No clube, tem sido mais fácil me comunicar com os meus colegas que não são ingleses do que com os locais. Com certeza, eu espero poder melhorar isso e também o meu vocabulário”, disse em entrevista à revista “FourFourTwo” ainda em 2019.

Ele é casado!

Ballon D'Or Ceremony At Theatre Du Chatelet : Photocall In Paris
Kristy Sparow/Getty Images
Kristy Sparow/Getty Images

Alisson Becker é casado com a médica brasileira Natalia Loewe. Eles oficializaram a união em junho de 2015.

Até o início de 2016 ela exercia sua profissão no Brasil, mas se mudou para a Itália em agosto, depois que seu marido assinou um contrato para defender a Roma. O casal tem hoje dois lindos filhos, Helena Becker, que nasceu em 2017 e Matteo Becker, que nasceu em 2019. No final de 2020, Alisson compartilhou com seus seguidores no Instagram a notícia de que será pai pela terceira vez.

Outras paixões

alisson-violao
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Os talentos do goleiro brasileiro Alisson Becker não se limitam apenas ao futebol. Você sabia que ele também tem um talento especial para a música? Isso mesmo!

Fã de sertanejo, o goleiro do Liverpool sabe tocar violão e também canta. Aliás, ele já exibiu esse talento em sua página do Instagram várias vezes. Nas horas vagas, Alisson também gosta de pescar, fazer churrasco e assistir tênis.

Muitos prêmios no currículo

Wolverhampton Wanderers v Liverpool FC - Premier League
James Baylis – AMA/Getty Images
James Baylis – AMA/Getty Images

O ano de 2019 foi realmente especial para o goleiro Alisson. Ele recebeu os prêmios de Luva de Ouro da Premier League, Melhor Goleiro da Copa América, Melhor Goleiro da UEFA, Melhor Goleiro do Mundo FIFA e o Troféu Yashin – Melhor Goleiro do Mundo pela France Football, além de conquistar o troféu Samba de Ouro, entregue ao melhor jogador brasileiro que atua na Europa. O Brasil está muito bem representado!

Conquistas com a Seleção Brasileira

FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-PER-TROPHY
JUAN MABROMATA/AFP via Getty Images
JUAN MABROMATA/AFP via Getty Images

Na Seleção Brasileira, Alisson participou de torneios de base e foi campeão da Copa Sendai e do Torneio Internacional de Toulon, ambos como titular. Sua primeira convocação para a equipe principal foi em 2015, mesmo ano em que estreou como titular no duelo contra a Venezuela válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Aliás, Alisson foi titular durante quase todo o ciclo da última Copa do Mundo. Já durante a competição, a Seleção levou apenas três gols, mas dois deles vieram justamente contra a Bélgica, na partida que eliminou o time comandado pelo técnico Tite nas quartas de final. Mas Alisson também tem motivos para comemorar. Com a amarelinha, conquistou um título da Copa América, que foi disputada no Brasil em 2019.

O goleiro gato

The Best FIFA Football Awards 2019 - Photo Booth
Michael Regan – FIFA/FIFA via Getty Images
Michael Regan – FIFA/FIFA via Getty Images

E não é apenas pela performance como goleiro que Alisson se destaca. Além de ser o melhor do mundo em sua posição – segundo o prêmio The Best da Fifa, o arqueiro brasileiro faz muito sucesso por conta da sua beleza física e já recebeu inclusive o apelido de “goleiro gato”. No entanto, ele tenta não se deslumbrar com o título.

“Eu lido com as falas sobre a minha aparência da mesma maneira que lido com as críticas. Se for algo que me ajudará a crescer, absorvo de maneira positiva. Mas se for algo apenas para encher meu ego, jogo fora. Nós, goleiros, temos sempre que ter confiança, mas a confiança nunca pode passar o limite, nunca pode ter o ego maior do que a nossa concentração”, disse Alisson em entrevista ao portal “UOL”.

Quase desistiu do futebol

Liverpool v Manchester City - Premier League
Simon Stacpoole/Offside/Offside via Getty Images
Simon Stacpoole/Offside/Offside via Getty Images

Quem vê hoje Alisson Becker se destacando na Premier League nem imagina que por muito pouco ele não abandonou o sonho de ser jogador de futebol. Isso porque ele era baixo e magro demais comparado com os outros jogadores de sua categoria. “Havia esse teste de maturação que ia de 1 a 5, e todos os meus colegas de time alcançavam o estágio 5 – enquanto eu estava no estágio 2”, relembrou Alisson, que tem 1,93m. Felizmente, ele resolveu insistir.

Depois dos 15 anos, Alisson finalmente começou a crescer e logo virou o principal destaque entre os goleiros da base do Inter.

Se inspirou em seu irmâo

alisson_e_muriel
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Alisson começou a se interessar pelo futebol ainda criança. Segundo ele, o amor pelo esporte nasceu por influência de seu irmão mais velho. Aliás, em texto publicado no “Player’s Tribune”, ele disse que Muriel teve um papel decisivo em sua trajetória profissional.

“Ele é a pessoa mais importante na minha história”, disse Alisson. “Por tudo o que eu conquistei, eu tenho de agradecer ao meu irmão. Ele era como um alvo para ir atrás. Como profissional, eu tinha de me comparar com aqueles que estavam acima de mim, sabe? Eu sempre quis ser melhor do que ele, mas ele também é super competitivo, então, ele nunca quis perder para mim”, completou.