Você Não Conhecia Esses Fatos Sobre Cristiano Ronaldo!

O que todos sabem sobre Cristiano Ronaldo é aquilo que acontece dentro de campo e algo mais sobre a sua vida privada. Nos gramados ele mostra que é um dos melhores jogadores do mundo.

Fora dos estádios houve acontecimentos que não vieram à tona que marcaram sua vida, inclusive problemas familiares como o da página 12, inacreditável. Ou, ainda, que salvou um clube aos 9 anos de idade! Continue lendo para saber todos os segredos e curiosidades sobre o craque CR7!

“Não me importa ser odiado”

Ele, que acaba de ir para a Juventus, manifestou que não lhe importa ser odiado e que usa isso como motor. Necessita ter inimigos e é algo a que está acostumado. “As pessoas gritam quando eu toco a bola desde que tinha 18 ou 19 anos. Não é um problema, é uma motivação”, declarou ele.

Cristiano não se tatua

Diferentemente da maioria dos jogadores de futebol da atualidade, Cristiano Ronaldo não tem nenhuma tatuagem. O motivo pelo qual CR7 não aderiu à moda está vinculado a uma causa solidária: Cristiano doa sangue regularmente! Aqueles que se tatuam devem esperar, no mínimo, 4 meses para fazer exames que determinam a possibilidade de doar. A maioria dos tatuados não são ideais para doar sangue e é por isso que CR7 escolheu não passar pela agulha da tinta, mas pela agulha da solidariedade.

Seu pai morreu por causa do álcool

O pai de Cristiano Ronaldo, José Diniz Aveiro, faleceu quando ele tinha 22 anos por causa de problemas com o álcool. O português revelou em uma matéria na imprensa espanhola que não teve o tipo de pai que sonhava. E também disse que a relação com José era de apreço de sua parte, mas que nunca havia podido ter uma “boa conversa” por causa de seus problemas com a bebida. Talvez esse seja o motivo de Cristiano já ter 4 filhos, os três primeiros por barriga de aluguel, inclusive. Tentar ter uma relação de pai e filho que ele nunca teve, senão como filho, ao menos como pai!

Mais problemas familiares

Além das questões em torno do alcoolismo do pai, que ocorreram quando Cristiano saía da adolescência, outro problema familiar o acertou em cheio. Sua família, original de um bairro humilde de Funchal, teve que conviver com o vício de Hugo, irmão de CR7 que teria se tornado dependente de drogas.

Cuidou do irmão

Foto: JOANA SOUSA/AFP/Getty Images

Cristiano destinou muito dinheiro a conseguir afastar seu irmão Hugo desse âmbito tão nocivo para sua saúde. Ele pagou várias estadias nos melhores centros de reabilitação da Europa para que ele pudesse enfrentar tal dificuldade. Quando o atacante atingiu seu objetivo, seu irmão substituiu o vício anterior pelo alcoolismo. Ele ajudou novamente o irmão a se reerguer.

É um dorminhoco

A energia que gasta durante o dia é equilibrada com 10 horas diárias de sono. Ele diz que, além do descanso à noite, costuma tirar um cochilo de duas horas durante a tarde, tempo que tenta passar com o filho Cristiano Júnior. Também declarou que raras são as vezes em que vai dormir depois das 11 da noite. Ele é todo um exemplo de um esportista de alto rendimento.

Não toma álcool

Que um jogador de futebol não tome álcool parece algo lógico, aliás poderia ser considerado necessário, já que sua ferramenta de trabalho é seu corpo. CR7 não consome bebidas alcoólicas tanto por questões profissionais como pessoais. Dizem que o álcool lhe recorda a seu pai, que era alcoólatra e portanto ele prefira ficar longe das bebidas.

Sua dieta

Ainda que Ronaldo tenha um físico privilegiado, ele também adota uma dieta para não perder massa muscular. Entre os alimentos que lhe são permitidos estão o arroz, ervilha, cenoura, tortilha, filé de frango, brócolis e banana. A ideia é que possa manter seus carboidratos, potássio e proteínas digeríveis para a hora de queimar energia.

O problema que quase acaba com sua vida

Aos 16 anos, surgiu o primeiro problema grave na sua carreira. Já com o contrato assinado com o Sporting de Lisboa, detectaram nele um problema no coração. O clube informou a sua mãe, Dolores, que precisavam de sua autorização para operá-lo e a instituição se responsabilizou pelos gastos. A vida de Cristiano teria sido totalmente diferente se não tivesse sido operado com laser.

Tem um hobby de “idosos”

Sendo o rosto que ilustra uma publicidade de um jogo de azar de cartas online, CR7 se declarou um fã de bingo. Numa entrevista que deu à emissora MorninGlory, ele disse: “Jogar bingo pode ser muito emocionante. Você pode estar esperando muito tempo por um número só. Enquanto isso, vê também seus amigos esperando pelo número da sorte”. Para que se importar com que os outros pensam, né? O importante é ser feliz!

A razão por trás do amor pelo bingo

A razão do fanatismo e do amor por esse jogo de azar remete ao seus inícios no futebol. Quando Ronaldo chegou a Manchester não sabia falar inglês e esse jogo foi a chave para começar a familiarizar-se com os números e algumas palavras. Esse método de aprendizado logo se transformou num hobby.

Uma conversa histórica com Ferguson

O momento em que seu pai se despedia deste mundo, em 2005, foi relatado pelo craque: “Eu disse ao Sir Alex Ferguson que queria ir vê-lo no hospital e ele me respondeu: ‘O futebol não significada nada se comparado com seu pai. Se quiser ir, vá’. Um grande exemplo de humanidade!

O que faz com o filho nas horas vagas?

A estrela do Real Madrid tem quatro filhos, o mais velho nasceu em 2009, antes de Cristiano deixar o Manchester United para ir jogar na Espanha. A mãe dele é uma garçonete cujo silêncio foi pago por Ronaldo a fim de garantir que sua aventura não fosse divulgada. Ele comentou que o melhor que pode oferecer a Cristiano Junior é educação: “É fácil ser um mimado quando se tem uma cama grande para dormir, fruta para comer e carros rápidos na garagem. Não dá pra controlar tudo.”

Vai virar ator?

Ninguém que ame o futebol quer pensar sobre o fim da carreira de Cristiano Ronaldo, mas isso vai acontecer inevitavelmente e ele já refletiu sobre isso. Aliás, o craque deixou uma porta entreaberta ao declarar, em fevereiro de 2016, que a atuação é uma atividade que lhe agrada, mas que ele gostaria de fazer umas aulas antes. Será que em breve o veremos em Hollywood?

Apresentou os dois filhos

Cristiano Ronaldo pôde manter longe dos holofotes que tinha alugado uma barriga para ter gêmeos até eles nascerem. No dia 30 de junho de 2017, logo depois de ser eliminado da Copa das Confederações, com uma foto no Facebook ele apresentou os bebês. “Feliz de poder ter em meus braços os dois novos amores da minha vida”, dizia a legenda da foto em que aparece junto a Eva e Mateo, que ampliam a prole de CR7 somando-se na época ao único filho, Cristianinho.

CR7 por Cristiano Ronaldo

O atacante é tão ambicioso no mundo da moda quanto no futebol. Ele incluiu uma linha de camisas à sua já conhecida marca de cuecas, lançada em 2014, da qual foi o modelo. No fim de 2014 decidiu ser o designer e o modelo de seu catálogo de roupa masculina. Ele é bem sucedido em muitas coisas mesmo!

Seu esporte favorito depois do futebol

O futebolista é devotado ao ping-pong. Ronaldo o pratica desde criança e os que jogaram com ele dizem que é muito habilidoso. “Comecei a sentir fascínio pelo tênis de mesa porque é um esporte muito popular na ilha da Madeira, onde há vários clubes que competem nacionalmente”. Já pensou se ele tivesse se dedicado profissionalmente a isso?

Sua vida depois da aposentadoria

O jogador, nascido na Ilha da Madeira, contou o que é que ele espera quando parar de jogar: “Quero finalizar minha carreira no futebol em 2020, 2021. Depois vou viver como um rei com minha família e meus amigos”. Dinheiro é o que não lhe falta para poder ter uma existência régia.

Acusado de estupro?

Um importante membro da imprensa alemã afirmou que Cristiano Ronaldo pagou 258 mil euros para evitar uma denúncia de um suposto estupro em 2010. Ele teria pago essa quantia a uma mulher estadunidense com a condição de que ela não revelasse que fizeram sexo em 13 de junho de 2009. A mulher, que tinha cerca de 20 anos na época, concordou em retirar todas as acusações contra o jogador do Real Madrid e eliminar as provas de que houve uma relação.

Salvou o time com sua saída

O Clube de Futebol Andorinha, onde se iniciou aos 9 anos, passava por dificuldades econômicas e, então, Cristiano dirigiu-se para o time mais importante da ilha da Madeira: o Clube Desportivo Nacional. Quando receberam a oferta do Sporting Lisboa para contratá-lo, os dirigentes aproveitaram a oportunidade e destinaram o dinheiro da transação a recuperar a instituição. Dessa maneira, a venda do passe de CR7 significou evitar a quebra do Nacional.

O primeiro salário de Cristiano

Quando o dianteiro tinha 16 anos e estava longe dos 82 milhões de dólares anuais que já foram pagos pelo Real Madrid (mais o que ganha com publicidade), ele tinha uma remuneração modesta. No Sporting Lisboa começou ganhando 50 euros por mês por jogar as partidas da categoria de base do clube e por ser gandula nos jogos em que eram locais. Seu primeiro salário real chegou quando começou a fazer parte da equipe profissional, recebendo 2 mil euros por mês.

Seu primeiro hotel

Em meados de 2016, o português decidiu incursionar em outro de seus muitos investimentos. Junto ao Grupo Pestana Hotels & Resorts, que tem hotéis de luxo ao redor do mundo, abriu um hotel com seu apelido “CR7” na capital da ilha da Madeira e sua cidade natal, Funchal. Cristiano é bem sucedido dentro e fora dos campos.

De um hotel a uma rede de hotéis

O luxuoso estabelecimento na capital portuguesa apareceu um tempo depois da conquista da Eurocopa com Portugal. A gestão de todos os imóveis estará a cargo da empresa especializada que, como o jogador, é madeirense. O hotel de Lisboa foi o segundo a ser aberto, logo depois da unidade da Madeira.

Suas referências

“Luís Figo, Rui Costa e Fernando Couto foram meus heróis quando estava crescendo”, revelou Ronaldo sobre as referências de sua infância, nas quais se apoiou desde o princípio durante o duro percurso que teve. E, como sempre fez ao longo de sua vida, estabeleceu a meta de que não somente seria como eles, mas também que jogaria com eles.

Sonho realizado

Como aconteceu com tantos outros objetivos a que se propôs durante a vida, Cristiano atingiria o sonho de dividir o gramado com Figo. Foi em 2003, aos 18 anos, no seu debut na seleção ibérica contra o Cazaquistão. Em 2016, CR7 o alcançou em número de apresentações, 127, e logo ultrapassaria esse número.

Sua coleção de carros milionária

Cristiano Ronaldo já comprou alguns carros luxuosos. Com seu salário, sobra dinheiro para ter veículos excêntricos em sua garagem. Alguns dos automóveis que o português tem são um Audi R8 Coupé de 175 mil euros, un Porsche 911 Turbo Cabriolet de 200 mil euros e um Bugatti Veyron de 1,3 milhões. E além desses, ele tem muitos outros carros luxuosos!

O que fez com seu primeiro salário do Manchester?

Ronaldo entrou ao Manchester United em agosto de 2003, comprado por 12 milhões de libras e com um pagamento de 150 mil euros mensais. Com o novo salário, Cristiano decidiu “aposentar” sua mãe, como agradecimento pela sua criação. “Eu sabia que ela tinha sofrido muito e passado dificuldades. Se minha família não estiver bem, eu não fico tranquilo“.

A melhor semana da sua vida

A segunda semana do mês de agosto de 2003 ficou marcada para sempre na vida de Cristiano Ronaldo. No dia 16 daquele mês, Sir Alex Ferguson, com a mesma convicção com que ordenou aos diretores do Manchester United sua contratação, colocou-o em campo frente ao Bolton Wanderers no que sería uma vitória de 4 a 0 pela Premier League. Esse foi o seu debut nos Diabos Vermelhos.

Mesma semana, debut duplo

Tão somente 4 dias depois do debut no Manchester, no dia 20 debutou na seleção de seu país. O treinador brasileiro Luiz Felipe Scolari dediciu convocá-lo e fez com que entrasse pra jogar contra o Cazaquistão depois do intervalo. Em questão de 4 dias, a vida de Cristiano mudou.

Por que usa a camisa de número 7?

Faz muitos anos que Ronaldo está ligado à camisa de número 7. A razão remete a sua estadia no Manchester United depois de uma conversa que teve com o seu descobridor e “segundo pai” Sir Alex Ferguson, que foi quem o decidiu. CR7 revelou: “Eu me surpreendi porque conhecia todos os grandes jogadores que usaram essa camisa. Foi o começo da minha carreira de sucesso no futebol”.

Leiloou sua chuteira de ouro de 2011

Em uma das tantas ocasiões em que Cristiano Ronaldo participou de eventos beneficentes ou se ofereceu para ajudar os mais necessitados, tomou uma iniciativa que jamais se havia visto. Em 2011, leiloou sua chuteira de ouro, obtida por ser o maior artilheiro europeu da temporada. Veja a seguir como o dinheiro foi utilizado!

Doou a arrecadação a crianças de Gaza

Depois de ter tido uma temporada 2010/2011 fantástica, o português se desfez da chuteira. Arrecadou-se 1,5 milhão de euros e, através da fundação do Real Madrid, todo o dinheiro foi destinado a ajudar crianças palestinas que viviam em constante guerra na faixa de Gaza. Ele é o jogador que mais faz doações para causas nobres.

Uma hora de natação

Cristiano Ronaldo tem uma casa bem grande na cidade de Pozuelo de Alarcón, na região de La Finca. Isso não é nenhum segredo, mas sim o que acontecia lá dentro. Além de treinar com o Madrid e fazer sua rotina de exercícios diários, o português passava uma ou duas horas na piscina de sua casa para poder tonificar seus músculos. Será que ele vai manter a propriedade, ou vai se desfazer dela agora que foi para o Juventus?

Pacto de silêncio

Um dos melhores jogadores do mundo teria estabelecido regras até mesmo para a relação de trabalho com seus empregados domésticos. Uma das cláusulas pouco comuns que costumaria acrescentar nos contratos de trabalho de quem emprega é que de que não seria permitido revelar o que acontece dentro de sua casa nem 70 anos depois de sua morte. No caso de que isso não seja cumprido, está prevista uma multa de 300 mil dólares.

Seu restaurante favorito

Como se fosse pouco dar-se o luxo de contratar seu próprio cozinheiro para que faça a comida que quiser, Ronaldo tem um restaurante que levava a comida à sua casa. Trata-se do restaurante Urrechu, que fica a poucos metros de sua casa em La Finca, Pozuelo de Alarcón. O que CR7 costuma pedir é contrafilé e peixe. Deu até água na boca!

Abelhinha

Quando era jovem, e muito antes de começar a jogar futebol no Sporting de Lisboa, as pessoas não o chamavam de CR7, mas de Abelhinha. O apelido, conta sua mãe, surgiu por conta de sua habilidade de ser rápido e impossível de capturar. Mas ela também revelou que ele se irritava muito com seus companheiros de futebol quando eles não marcavam gol.

A origem de seu nome

Todos os pais do mundo colocam em seus filhos nomes que remetam a algo positivo em suas vidas. No caso de Ronaldo imagina-se que seu pai, José Diniz Aveiro, devia ser fã de Ronald Reagan, ex-presidente dos Estados Unidos. Isso porque, segundo a mãe do atacante, daí veio o nome.

O segredo do nascimento do filho

Cristiano Júnior, em algum momento, vai perguntar ou já perguntou ao pai quem é sua mãe e o jogador deve lhe dizer o que aconteceu de fato, coisa que ainda não veio à tona publicamente. Júnior nasceu em 2010 e, segundo boatos, seu pai fez um acordo de confidencialidade com a mãe para que ela nunca revelasse sua maternidade. Um jornal inglês de prestígio revelou que se trata de uma garçonete estadunidense que trabalhava em Manchester.

Fã de Luis Fonsi

O cantor porto-riquenho que é furor ao redor do mundo com sua canção Despacito, cantada com Daddy Yankee, já tinha conquistado Cristiano Ronaldo muito antes desse hit. O atacante revelou que é fã da música e que o cantor, compositor e produtor nascido em San Juan, é um dos seus preferidos. Que moral ser ídolo do CR7, hein!

Um detalhe único na sua roupa íntima

Este segredo foi revelado diante de todos, embora muita gente não tenha percebido. Em 15 de setembro de 2016, depois de o Real Madrid haver empatado, num gol de Cristiano no último minuto de jogo, com o Sporting de Lisboa, ele tirou uma foto com dois companheiros do clube português, seu ex-time. Na imagem, em que está entre Adrien Silva e William Carvalho, é possível notar o número 7 estampado em sua cueca. Seria para dar sorte com as mulheres? De qualquer forma, Ronaldo é ídolo dentro e fora de campo.