O Que Esperar Do Segundo Jogo Da Semi-Final Flamengo x Grêmio Da Libertadores 2019

Muita emoção? Ora, isso todo mundo já sabe! Um duelo de técnicos? Pode ser, já que Renato Gaúcho vem se mostrando um excelente treinador e Jorge Jesus vai levando o Flamengo ao topo da tabela do Brasileirão com folga. Uma extensão do Campeonato Brasileiro? Também pode ser, já que o Flamengo é líder e o Grêmio está no G6. Enfim, os dois estão lugando para chegar à final e derrotar os argentinos. Se você gosta de futebol, continue lendo para saber algumas curiosidades sobre esse verdadeiro duelo de gigantes.

O juiz

01
MAURO PIMENTEL/AFP/Getty Images
MAURO PIMENTEL/AFP/Getty Images

A Conmebol divulgou os árbitros principais dos jogos de volta das semifinais da Copa Libertadores da América. Enquanto o duelo argentino entre Boca Juniors e River Plate terá arbitragem do Brasil, o jogo brasileiro entre Flamengo e Grêmio será apitado por um juiz da Argentina.

No dia 23 de outubro, Flamengo e Grêmio se enfrentam no Maracanã sob a arbitragem de Patricio Loustau. O brasileiro Raphael Claus comanda o VAR. Curiosamente, Loustau apitou jogos das duas equipes no mata-mata da Libertadores 2019, ambos nas quartas: Grêmio 0 x 1 Palmeiras e Internacional 1 x 1 Flamengo.

Flamengo em alta

02
Lucas Uebel/Getty Images
Lucas Uebel/Getty Images

O Flamengo está com a moral alta, afinal, são onze jogos sem perder. A última derrota do Rubro-Negro no Brasileiro foi para o Bahia, no dia 4 de agosto, por 3 a 0. De lá para cá, dez vitórias e um empate. Apesar da marca parecer incrível, na própria história de seis títulos brasileiros do Flamengo existem sequências invictas maiores, mas nenhuma delas importa agora. O que importa é que o time espera enfrentar o Grêmio com a moral lá em cima!

Mas com ao menos uma baixa

03
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Pois é, o Flamengo informou na segunda-feira dia 14 de outubro de 2019, que o lateral-direito Rafinha terá de passar por uma cirurgia na face, em decorrência de uma fratura no arco zigomático da face.

O jogador será operado no próprio dia 14 e deve ter alta já na manhã do dia 15, mas não se sabe, porém, qual será o prazo para o retorno do jogador. Não há confirmação quanto à liberação do jogador para o confronto com o Grêmio pela semifinal da Copa Libertadores ,no próximo dia 23, mas parece improvável sua escalação.

E quem sabe mais baixas

04
Bruna Prado/Getty Images
Bruna Prado/Getty Images

Os médicos do Flamengo estão pessimistas quanto a recuperação do meia Arrascaeta e do lateral-esquerdo Filipe Luís. As chances desses jogadores estarem em campo no dia 23 de outubro são praticamente nulas. Ambos se recuperam de lesão no joelho, mas a situação de Arrascaeta é ainda pior, pois, o uruguaio passou por cirurgia. Isso fora Rafinha, do qual já falamos. Agora mais um problema se aproxima do Flamengo.

Só tristezas

05
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Outro problema para o Flamengo, Reinier, uma jóia do clube carioca que também é um dos destaques da seleção sub-17. Dificilmente o rubro-negro conseguirá a liberação do jogador, que deverá disputar o Mundial neste mês defendendo a seleção brasileira. Assim, o treinador Jorge Jesus terá mais um problema para resolver. Com a ausência do substituto imediato de Arrascaeta, o treinador do Flamengo terá que adiantar Gérson ou colocar Vitinho (muito irregular) como titular.

Grêmio em alta

06
ITAMAR AGUIAR/AFP via Getty Images
ITAMAR AGUIAR/AFP via Getty Images

Não é só o Flamengo que vem num crescendo de vitórias, o Grêmio também está em alta. Tudo bem que o time do Atlético Mineiro não é lá essas coisas, mas uma vitória por 4×1, fora de casa, deixa qualquer um com a moral super elevada. Para melhorar o estado de espírito, a vitória levou o time para o G6 com 41 pontos, bem distante é verdade, do líder, mas o caso aqui não é Campeonato Brasileiro e sim Libertadores da América

Só alegrias

07
ITAMAR AGUIAR/AFP/Getty Images
ITAMAR AGUIAR/AFP/Getty Images

Enquanto o Flamengo se afunda em problemas, causados pelos desfalques tanto por lesões quanto por escalações para a seleção, o Grêmio, por outro lado, só tem alegrias. Deverá contar com Pedro Geromel, Maicon e Jean Pyerre para a partida decisiva do próximo dia 23.

Com certeza o treinador Renato Gaúcho, que não é bobo nem nada, saberá aproveitar muito bem essa vantagem, muito embora Jesus esteja levando seu time, já desfalcado, a vitórias importantes.

Artilheiro (s)

08
MAURO PIMENTEL/AFP/Getty Images
MAURO PIMENTEL/AFP/Getty Images

Para elevar ainda mais o moral do time, o Flamengo tem no seu elenco não somente o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro como o segungo colocado. Gabriel Barbosa, o Gabigol, com 18 gols lidera folgado na artilharia.

Já na segunda colocação, Bruno Henrique não tem vida fácil. Com 11 gols, divide a vice-liderança com Gilberto, do Bahia (justamente o time que causou a última derrota do Flamengo) e é seguido de perto por Arrascaeta, com 10 gols. Ah sim, Arrascaeta também joga pelo Flamengo, então tudo bem!

Gol fora de casa

09
Lucas Uebel/Getty Images
Lucas Uebel/Getty Images

No primeiro episódio da semifinal brasileira da Libertadores, o Flamengo dominou o Grêmio e se impôs dentro da Arena tricolor, chegando a balançar as redes adversárias quatro vezes três delas anuladas pelo VAR. Após sair na frente com Bruno Henrique, o Rubro-negro viu os gaúchos arrancarem um empate por 1 a 1 com Pepê aos 42 minutos do segundo tempo e segurar uma vantagem carioca que poderia ser ainda maior.

Segundo as regras da Libertadores, um gol fora de casa vale por dois.

Pequena vantagem

10
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Os dois times brasileiros se encaram no duelo de volta no próximo dia 23, no Maracanã. Com a regra do gol qualificado fora de casa, o Flamengo ainda tem uma vantagem e ficará com a sonhada vaga na final em caso de empate por 0 a 0 no Rio de Janeiro. Um novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis e qualquer outro empate com gols dá a classificação ao Grêmio. Em caso de vitória, o ganhador estará na decisão em Santiago do Chile

Vantagem tricolor?

11
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

No Grêmio, quase todo o time titular tem experiência em semifinais de Libertadores, participando ao menos uma vez de uma delas, menos o zagueiro David Braz e o lateral-direito Rafael Galhardo. No Flamengo, o inverso: dentre os prováveis titulares, apenas Rodrigo Caio e Arrascaeta jogaram semifinais de Libertadores. Contudo, para equilibrar, dos jogadores gremistas, apenas Everton e Luan marcaram gols contra o Flamengo nos últimos anos. Se forem escalados podem levar perigo para o Rubro-Negro.

Um mau exemplo

12
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Do lado de fora do estádio, aquelas cenas que não combinam em nada com o esporte. Na chegada ao estádio, o ônibus do Flamengo foi alvo de objetos arremessados por gremistas. Não houve maiores danos ao veículo e os jogadores saíram ilesos, mas com certeza isso gera um desejo de vingança naquelas mentes mais primitivas e, por isso, estamos torcendo para que essas sejam dominadas pelos bons gênios do esporte e que deixem as disputas para os jogadores, dentro do campo.

Um recorde

13
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Mais um motivo para colocar o Rubro-Negro como favorito. O Flamengo chegou a 52 pontos em 23 rodadas, ou seja, um recorde. As maiores pontuações em 23 jogos eram 50 pontos, conquistados pelo São Paulo de 2007, pelo Cruzeiro de 2013 e pelo Corinthians de 2015 e de 2017. Todos com 15 vitórias, só que o Flamengo já tem 16.

O melhor saldo de todos era do São Paulo de 2007, dois pontos abaixo, com 29 gols pró. O Flamengo já tem 28. O Flamengo, como se diz por aí, está “sobrando”..

Algumas curiosidades

14
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

O Grêmio venceu 6 das últimas 7 partidas pela Libertadores, porém nas 3 semifinais onde o Grêmio não ganhou o primeiro jogo, se classificou em apenas 1 oportunidade. Nas outras duas, perdeu para o Olimpia e para o Cruzeiro. Portanto, o Grêmio jamais reverteu uma desvantagem para chegar a uma decisão de Libertadores.

Por outro lado, O Flamengo venceu os 3 últimos jogos contra o Grêmio em todas as competições e, em “mata-mata”, o Grêmio não vence o Flamengo desde a vitória por 1–0 no segundo jogo da semifinal que classificou o tricolor gaúcho para a final da Copa do Brasil de 1995.

Duelo de técnicos

17
Bruna Prado/Getty Images
Bruna Prado/Getty Images

Ambos passaram por rivais nacionais na fase anterior. Os cariocas despacharam outro gaúcho, o Internacional, ganhando por 2 a 0 em casa e segurando empate por 1 a 1 no Rio Grande do Sul. Já os gremistas ganharam por 2 a 1 do Palmeiras em São Paulo, após terem perdido por 1 a 0 diante de seus torcedores. Assim, se classificou graças ao gol qualificado.Jorge Jesus, treinador do Flamengo, espera um duelo de alto nível e o pensamento é compartilhado por Renato Gaúcho, comandante do Grêmio, que vê o jogo até mesmo com “jeito” de decisão.

Renato Gaúcho

16
Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Gaúcho, 56 anos, alma carioca, fez história nos clubes por onde passou como Grêmio; Flamengo e Fluminense e já teve o status de ‘Rei do Rio’. Hoje, tem um trabalho consolidado no Grêmio – é o técnico mais longevo da elite do nosso futebol – assumiu o comando da equipe no dia 19 de setembro de 2016. Inclusive, é o time comandando por Renato com o tricolor, o último título de um brasileiro conquistado no torneio: campeão da Libertadores da América em 2017.

Falastrão

18
Alexandre Schneider/Getty Images
Alexandre Schneider/Getty Images

Renato faturou também a Copa do Brasil de 2016, a Recopa Sul-Americana e o Gauchão.

Com aquele estilo falastrão e os muitos títulos recentes conquistados, acabou se tornando um dos técnicos mais desejados do país. Esteve cotado para assumir a Seleção Brasileira caso Tite não continuasse. Aliás, se Tite continuar com a estiagem de vitórias e insistindo na turminha dos 7×1, é bem capaz que vejamos essa aposta se tornar realidade muito em breve

Jorge Jesus

19
Bruna Prado/Getty Images
Bruna Prado/Getty Images

Português, 65 anos, é conhecido pelo estilo egocêntrico. Busca sempre centralizar as atenções para tirar a pressão dos seus jogadores. Para seus conterrâneos, ele é uma estrela. Fez história no Benfica onde conquistou títulos entre 2009 e 2014, e vem conquistando o coração da nação rubronegra que sonha com o hepta no Brasileirão.

Jesus têm o estilo ofensivo que a torcida do Flamengo tanto queria. É comum ver o seus times sufocarem o adversário com grande presença de jogadores no campo de ataque. Gosta de deixar seus atacantes à frente, com boa aproximação dos meio-campistas. Além disso, é um nome de peso, bem visto dentro do clube. É bom na leitura de jogo, apesar de não apresentar grandes inovações táticas.