O Desempenho Das Principais Seleções Nos Amistosos Para o Mundial Da Rússia

As 32 seleções classificadas para Copa do Mundo de 2018, na Rússia, entraram em campo pela data Fifa no mês de março. Os amistosos foram os últimos de cada país antes da convocação final de jogadores para o torneio mundial.O anúncio está marcado para acontecer em meados de maio.

Alguns times conseguiram bons resultados, mas outras mostraram que vão passar trabalho no Mundial. No caso do Brasil, por exemplo, o técnico Tite só teve motivos para comemorar. Seus comandados garantiram duas vitórias, uma delas contra a Alemanha. Confira como as principais seleções foram em seus dois últimos amistosos!

Rússia

Anfitriões da Copa do Mundo 2018, os russos jogaram em casa contra dois favoritos ao título e perderam as duas partidas. Na primeira eles foram derrotados por 3 a 0 para o Brasil, que balançou as redes com Miranda, Coutinho e Paulinho. Depois a Rússia ainda foi superada por 3 a 1 pela França diante da sua torcida em São Petersburgo. O único gol dos mandantes foi marcado por Fedor Smolov. Resultado animador para os seus adversários do Grupo A (Uruguai, Egito e Arábia Saudita) da principal competição de futebol do mundo.

Uruguai

Os uruguaios disputaram o torneio amistoso China Cup e ficaram com a taça após duas vitórias. O primeiro triunfo da seleção sul-americana veio sobre a República Tcheca , por 2 a 0, e em seguida contra o País de Gales por 1 a 0. As duas vitórias consecutivas deixam para trás os resultados ruins que o time comandado por Óscar Tabárez teve nos últimos amistosos de 2017, quando perdeu para a Áustria por 2 a 1 e empatou com a Polônia em 0 a 0. Não será fácil para Egito, Rússia e Arábia Saudita, adversários da fase de grupos.

Egito

O Egito tem motivos para se preocupar. Foram duas derrotas neste mês. Mesmo contando com o craque Mohamed Salah, os egípcios perderam para Portugal de virada em Zurich, na Suíça, por 2 a 1. No segundo confronto, agora sem o atacante Salah, mais um tropeço. Desta vez quem levou a melhor foi a Grécia, que fez 1 a 0. O Egito volta a disputar mundiais após 28 anos e está na chave junto com Rússia, Arábia Saudita e Uruguai.

Portugal

O time do astro Cristiano Ronaldo não deixou a torcida muito feliz em seus dois últimos amistosos. O atacante do Real Madrid até marcou seus gols contra a seleção do Egito, quando Portugal venceu por 2 a 1, mas não evitou a derrota em Genebra para a Holanda, que nem conseguiu a classificação para a Copa, por 3 a 0. Será que ainda dá tempo do técnico Fernando Santos ajustar a equipe portuguesa, que é a atual campeã europeia, antes do início do Mundial? Além dos portugueses, o Grupo B conta com Espanha, Marrocos e Irã.

Espanha

Os espanhóis já mostraram que chegarão forte no Mundial. Foram dois amistosos contra seleções candidatas ao título e excelente desempenho. Contra os atuais campeões da competição (Alemanha), a Espanha empatou por 1 a 1 e demonstrou um futebol de alto nível em Düsseldorf. E o último resultado surpreendeu até mesmo os mais otimistas. Foram seis gols contra a Argentina, que não contou com o craque Lionel Messi, em um jogo que terminou 6 a 1. Os gols da partida foram anotados por Diego Costa, três de Isco, Thiago Alcântara e Iago Aspas; Otamendi fez para Los Hermanos. Um verdadeiro passeio!

França

Apontada como uma das favoritas, a França somou uma derrota e uma vitória em seus jogos preparatórios. No primeiro duelo tiveram um vacilo em casa, quando foram superados pelos colombianos por 3 a 2 de virada. Na ocasião 80 mil torcedores lotaram o Stade de France. Depois os os franceses conseguiram uma vitória tranquila, mas sem empolgar, fora contra a Rússia por 3 a 1. Na Copa, a equipe do treinador Didier Deschamps está no Grupo C junto com Austrália, Peru e Dinamarca.

Peru

Em confrontos contra rivais europeus que estarão no Mundial, duas boas vitórias em terras norte-americanas. Classificada para a Copa do Mundo após longos 36 anos, a seleção peruana venceu a Croácia por 2 a 0 e a Islândia por 3 a 1. E o técnico Ricardo Gareca só tem o que comemorar. Já são 12 jogos de invencibilidade, não perdendo desde 16 de novembro de 2016, quando caiu por 2 a 0 para a Seleção Brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas. Será que o Peru vai seguir embalado na Copa?

Argentina

A cabeça de chave do Grupo D não vive o seu melhor momento. Sem o craque Lionel Messi nos dois jogos que fez, os argentinos conseguiram uma boa vitória diante dos italianos, por 2 a 0, mas foram goleados pelos espanhóis. No último jogo a Espanha não perdoou e fez 6 a 1 em Madrid. O resultado foi um dos piores da história da seleção sul-americana. Será que os comandados de Jorge Sampaoli vão se recuperar do vexame contra a Espanha e recuperar a moral na Copa do Mundo? Além dos hermanos, a chave tem Islândia, Croácia e Nigéria.

Nigéria

Photo: Franck Fife/AFP/Getty Images

Nos amistosos contra europeus classificados para Copa 2018, os nigerianos conquistaram um triunfo e perderam a outra partida. Contra a Polônia venceram por 1 a 0. Porém, o segundo resultado foi desanimador. Adversária do Brasil, a Sérvia derrotou a Nigéria por 2 a 0 com gols de Mitrovic apenas no segundo tempo. A Nigéria está no Grupo D e terá Argentina, Croácia e Islândia como adversários na fase de grupos da Copa na Rússia.

Brasil

A Seleção Brasileira não decepcionou em seus dois duelos. O time comandado por Tite fez 3 a 0 contra a Rússia com tranquilidade. Miranda, Philippe Coutinho e Paulinho fizeram os gols em Moscou. Na “revanche” com os alemães, o Brasil também levou a melhor e garantiu a vitória por 1 a 0 com o gol do atacante Gabriel Jesus. Vale lembrar que Neymar segue em recuperação de uma lesão e só deve voltar a jogar em maio, uma mês antes do início do Mundial. Mas o time soube lidar bem com a ausência do craque do PSG e mostrou que tem força coletiva. No Grupo E, o Brasil vai encarar Costa Rica, Sérvia e Suíça.

Suíça

Photo: Zhizhao Wu/Getty Images

Primeiro adversário do Brasil na Copa do Mundo, a Suíça também conquistou duas vitórias na data Fifa, sendo uma em casa e outra fora de casa, e manteve a boa fase do último ano. Contra a Grécia fizeram 1 a 0, no estádio olímpico de Atenas, com gol do meia Blerim Dzemaili . Já contra o Panamá foi uma goleada de 6 a 0 (Dzemaili, Xhaka, Embolo, Zuber, Gavranovic e Fabian Frei), apesar de ter entrado com um tive misto. Isso tudo sem o meia-atacante Shaqiri, principal astro do futebol suíço, que está lesionado e não foi convocado pelo técnico Vladmir Petkovic.

Sérvia

Foram dois jogos contra seleções africanas que estarão na Copa, com um resultado negativo e outro positivo. Terceira adversária do Brasil na Copa do Mundo, a Sérvia perdeu para Marrocos por 2 a 1, em amistoso disputado no estádio Olímpico, em Turim (Itália). A recuperação veio contra a Nigéria, quando conseguiu vencer por 2 a 0, com dois gols do atacante Aleksandar Mitrovic apenas no segundo tempo, no The Hive Stadium em Londres (Inglaterra). O resultado trouxe um pouco de tranquilidade para o novo técnico Mladen Krstajic.

Costa Rica

Mais uma adversária do Brasil! A Costa Rica ficou com uma derrota e uma vitória, ambas pelo placar mínimo: 1 a 0. A equipe venceu a Escócia, com gol de MarcoUreña, e encerrou um jejum de cinco jogos sem vencer. Porém, o time do técnico Óscar Ramírez não conseguiu manter uma sequência positiva e tropeçou no segundo compromisso. Contra a Tunísia, o sistema de três zagueiros (e cinco defensores no total) não foi o suficiente para evitar a derrota por 1 a 0. O gol dos africanos foi anotado por Khazri.

Alemanha

Os atuais campeões mundiais não venceram na data Fifa, mesmo fazendo os dois jogos em casa e diante da sua torcida. Contra a Espanha, a Alemanha empatou por 1 a 1 em um duelo digno de Copa do Mundo. Para o segundo compromisso, o treinador Joachim Löw preferiu poupar alguns atletas e foi derrotado. No primeiro encontro após o 7 a 1, a Seleção Brasileira levou a melhor e marcou o único gol do duelo com o atacante Gabriel Jesus. Porém, apesar do tropeço, os alemães segue como um dos favoritos a levantar a taça na Rússia.

Suécia

A equipe sueca não foi bem em seus amistosos preparatórios. Contra o Chile, que não está na Copa de 2018, a Suécia perdeu por 2 a 1. Na estreia do técnico colombiano Reinaldo Rueda, os chilenos arrancaram a vitória com um gol de Bolados aos 44 minutos do segundo tempo. Vidal abriu o placar para os visitantes e Toivonen empatou para os donos da casa. A outra derrota foi para a Romênia, que também não participa da competição, por 1 a 0. A Suécia integra o Grupo C da Copa do Mundo ao lado de Alemanha, México e Coreia do Sul.

México

Jogando nos Estados Unidos diante de europeus que vão ao Mundial, os mexicanos venceram um jogo e perderam outro. A vitória veio contra a Islândia por 3 a 0 em Santa Clara, na Califórnia. Os gols da equipe dirigida pelo colombiano Juan Carlos Osorio, ex-técnico do São Paulo, foram marcados por Marco Fabián e Miguel Layún. Porém, o segundo confronto não foi bom. Quem levou a melhor foi a Croácia, que venceu por 1 a 0 com o gol de pênalti de Rakitic. Além da derrota, o jogo trouxe uma outra preocupação para o México. No início do segundo tempo, o zagueiro Nestor Araújo sofreu uma lesão no joelho esquerdo e virou dúvida para a Copa do Mundo.

Inglaterra

Dois amistosos contra adversários europeus que não se classificaram para Copa do Mundo, com uma vitória e um empate. Esse foi o desempenho dos ingleses, que sempre figuram entre os favoritos ao título. A vitória foi construída contra a Holanda. O único gol do triunfo foi marcado por Jesse Lingard. Já no segundo encontro, os ingleses empataram por 1 a 1 com a Itália em Wembley. Os donos da casa marcaram com Jamie Vardy, enquanto os italianos igualaram com Insigne, de pênalti. Com o resultado, os comandados de Southgate chegam a décima segunda partida consecutiva sem derrotas, sendo a última na eliminação para a Islândia, nas quartas de final da Eurocopa de 2016. Melhor jeito de chegar ao Mundial!

Bélgica

Os belgas fizeram apenas um amistoso e golearam. A vitória veio sobre a Arábia Saudita por 4 a 0. Na cidade de Bruxelas, os donos da casa marcaram com os atacantes Romelu Lukaku (duas vezes) e Michy Batshuay e com o meia Kevin De Bruyne. Antes do início da Copa, a Bélgica encara Portugal, no dia 2 de junho, e depois ainda pega o Egito, no dia 5, e a Costa Rica, no dia 10 de junho. O primeiro compromisso no Mundial é no dia 18, contra o Panamá. Os belgas estão no Grupo G, que tem também Inglaterra, Panamá e Tunísia.

Colômbia

Dois jogos, uma vitória de virada e um empate sem gols. Esse foi o desempenho dos colombianos. No primeiro duelo, surpreenderam ao derrotar a favorita França por 3 a 2. Depois da adversária abrir 2 a 0 no placar, a Colômbia reagiu com os gols de Muriel, Falcao García e Quintero. Foi a primeira vitória da seleção sul-americana diante dos franceses na história. Já contra a Austrália ficaram no empate sem gols em Londres. A equipe colombiana até poderia ter saído com a vitória, mas o atacante Borja, do Palmeiras, desperdiçou um pênalti a cinco minutos do final.

Japão

O Japão decepcionou em seus amistosos. Primeiro precisou arrancar um empate contra o modesto Mali no último minuto da partida com Nakajima. Aos 44 da primeira etapa, Diaby, de pênalti, abriu o placar para a equipe africana. Depois foi derrotado pela Ucrânia por 2 a 1. Os gols foram anotados por Naomichi Ueda (Japão, contra), Tomoaki Makino (Japão) e Karavayev (Ucrânia). A seleção japonesa integra o grupo H da Copa do Mundo, junto de Colômbia, Senegal e Polônia. Antes do mundial, a equipe ainda vai realizar partidas amistosas contra Ucrânia (27/03), Suíça (08/06) e Paraguai (12/06).