Compare Os Craques No Início E No Final Da Década

A moda do Desafio dos 10 Anos foi criada nas redes sociais, com o objetivo de mostrar uma pessoa como é hoje e comparar com ela mesma há 10 anos atrás.

O mundo do futebol, como sabemos, é muito conectado e não ficou alheio a essa moda que foi uma das primeiras grandes tendências de 2019. Então, acompanhe essa sequência para descobrir como os jogadores estavam em 2009 e como estão hoje. Não deixe de ler e divirta-se!

Ricardo Kaká

kaka-ba
Jasper Juinen/Getty Images & Dean Mouhtaropoulos/Getty Images
Jasper Juinen/Getty Images & Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

2019 encontrou Ricardo Izecson dos Santos Leite, o Kaká, já bem longe dos campos de futebol, no entanto muito próximo do amor ao anunciar seu compromisso com Carolina Dias, uma mulher que conheceu em 2016 e que o levará de volta ao altar.

em 2009, o brasileiro foi um dos galácticos que ingressou na Casa Branca do Real Madrid. Karim Benzemá e Cristiano Ronaldo chegaram ao lado dele. Sim, Florentino Pérez estava montando uma nova geração de superstars.

Cristiano Ronaldo

cristiano ronaldo
Denis Doyle / Getty Images & Europa Press Entertainment / Europa Press via Getty Images
Denis Doyle / Getty Images & Europa Press Entertainment / Europa Press via Getty Images

Em 2019, Ronaldo se declarou culpado por não ter pago impostos por seus direitos de imagem durante parte de sua estadia no Real Madrid e foi multado em cerca de 20 milhões de euros.

Incrivelmente, há dez anos, o amor entre Ronaldo e Real Madrid estava longe de representar o desacordo que é hoje. Ele foi apresentado em um lotadíssimo Santiago Berabeu, e teria sido a contratação mais importante da história por 94 milhões de euros.

Neymar

neymar-ba-28456
MAURICIO LIMA/AFP/Getty Images & BERTRAND GUAY/AFP via Getty Images
MAURICIO LIMA/AFP/Getty Images & BERTRAND GUAY/AFP via Getty Images

O crescimento de Neymar foi astronômico e isso era esperado desde o início, pois enquanto ele brilhava no Santos Futebol Clube, os clubes mais importantes da Europa já estavam lutando por ele.

Atualmente, defendendo o Paris Saint Germain, no ano de 2009 Neymar começava sua carreira no futebol profissional e estava a alguns meses de impor sua primeira regra ao mundo, o penteado moicano que todas as crianças passaram a usar a partir de 2010.

Messi

messi-ba-57359
FRED DUFOUR / AFP via Getty Images & Joan Valls / Urbanandsport / NurPhoto via Getty Images
FRED DUFOUR / AFP via Getty Images & Joan Valls / Urbanandsport / NurPhoto via Getty Images

Um dos momentos mais felizes de Lionel Messi no futebol aconteceu em dezembro de 2009, quando ele conseguiu sua primeira bola de ouro depois de superar Cristiano Ronaldo, que era seu inimigo número um no futebol.

Nem o próprio atacante do Barcelona imaginaria que, dez anos depois, os dois continuariam brigando braçada a braçada, ou no caso, drible a drible, por quase todos os prêmios da revista France Football e receberiam cinco cada um.

Adriano

adriano-ba
ANTONIO SCORZA/AFP via Getty Images & Reprodução/Instagram adrianoimperador
ANTONIO SCORZA/AFP via Getty Images & Reprodução/Instagram adrianoimperador

Após a morte do pai, Adriano teve uma queda na carreira. Sem espaço na Inter de Milão, voltou em 2008 ao Brasil para jogar no São Paulo. Em seguida jogou no Flamengo, onde foi campeão brasileiro em 2009.

Oficialmente, Adriano ainda não anunciou sua aposentadoria. Ele não joga por nenhum clube desde 2016, quando deixou o Miami United. Muito se comenta sobre seu retorno aos gramados, mas, até o momento, não há indícios de isso irá acontecer ANTONIO SCORZA/AFP via Getty Images & Reprodução/Instagram adrianoimperador

Diego Maradona

Maradona-c
Clive Brunskill/Getty Images & Marcelo Endelli/Getty Images
Clive Brunskill/Getty Images & Marcelo Endelli/Getty Images

Maradona entrou em 2009 emplacando um momento especial de sua carreira. Sem que ninguém esperasse, ele se propôs a ser técnico da Seleção Argentina e conseguiu fazer uma das piores campanhas das eliminatórias sul-americanas já feitas e só entrou na Copa do Mundo na África do Sul na última chance.

Maradona adicionou muita experiência desde então e continua a ser treinador, desde que ele e também os outros acreditem que isso seja possível, no Dorados do México.

Pelé

pele-c
Peter Macdiarmid/Getty Images & FRANCK FIFE/AFP via Getty Images
Peter Macdiarmid/Getty Images & FRANCK FIFE/AFP via Getty Images

As suspeitas de que Pelé seja um vampiro se reforçam a cada foto. O rei do futebol parece que não envelhece, ou se muito, 1 ano a cada 10.

em 2009, Pelé defendia a candidatura da cidade do Rio de Janeiro para sediar as olimpíadas de 2016. Agora em 2019, lá estava Pelé no evento Hublot loves Football fazendo com que Kylian Mbappe deixasse algumas gotas de baba espalhadas pelo piso do Hotel Lutetia em Paris. E quem não deixaria?

Chicharito Hernández

chicharo-ba-24141
Gerardo Zavala/Jam Media/LatinContentGetty Images & Reprodução/Instagram
Gerardo Zavala/Jam Media/LatinContentGetty Images & Reprodução/Instagram

Chicharo iniciou sua carreira em 2009 no Chivas de Guadalajara, onde desde 2005 fazia parte do juvenil. Foram 4 gols em 15 jogos para sua figura começar a se destacar entre os outros. Em um bom início de carreira, ele já subiu como terceiro artilheiro do torneio com 11 gols em 17 jogos.

2019 chegou para Hernandez trazendo ótimas notícias. Junto com sua parceira, Sarah Kohan, revelou que espera um bebê, enquanto ainda faz parte do West Ham United da Inglaterra.

Ronaldinho

fenomeno-ba
NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images & A. Ware/NurPhoto via Getty Images
NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images & A. Ware/NurPhoto via Getty Images

Fenômeno, Ronaldinho Fenômeno, Ronaldo, chame do que quiser, era um barato ver o nosso Ronaldinho jogar aquele futebol de moleque que não vemos mais nos dias de hoje.

Em 2009 nosso craque já andava brigando contra a balança, chegou a dizer que a cada gol a balança diminuía 1 kg, mas a luta continua até os dias de hoje, mesmo com um patrimônio estimado em R$ 600 milhões. No segundo semestre de 2019, o ex-jogador esqueceu de pagar algumas contas e a energia elétrica e o gás de seus apartamento foram cortados.

Zlatan Ibrahimovic

zlatan-ba-71324
Denis Doyle / Getty Images & Ian Johnson / Icon Sportswire via Getty Images
Denis Doyle / Getty Images & Ian Johnson / Icon Sportswire via Getty Images

Uma coisa que podemos garantir é que o ego do sueco Zlatan Ibrahimovic se manteve o mesmo nos últimos dez anos. Tá bom, pode ter aumentado um pouquinho. Dez anos atrás, Ibra chegou a Barcelona como um dos reforços estrelares, mas ele nunca deixou sua marca lá e, enfurecido com Messi, ele acabou deixando o clube.

Essa personalidade do futebol é atualmente a grande estrela do Los Angeles Galaxy dos Estados Unidos, onde ele é uma celebridade com direito a programas de televisão e muito mais.

Filipe Luís

Filipe-c
MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Images & Alexandre Schneider/Getty Images
MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Images & Alexandre Schneider/Getty Images

O catarinense Filipe Luís Kasmirski estava feliz em 2009. Ele havia sido eleito pela UEFA como o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Espanhol (temporada 2008–09).

Não podemos falar muita coisa diferente do ano de 2019, onde, pelo Clube de Regatas do Flamengo, conquistou o Campeonato Brasileiro (o Brasileirão), a Taça Libertadores da América e ainda ajudou seu time a chegar na final do Mundial de Clubes da FIFA, derrotando o time do Al Hilal. Excelente histórico, não?

Paul Pogba

pogba-ba-84205
Matthew Peters / Manchester United via Getty Images & Action Foto Sport/NurPhoto via Getty Images
Matthew Peters / Manchester United via Getty Images & Action Foto Sport/NurPhoto via Getty Images

O talentoso volante francês veste a mesma camisa de dez anos atrás. Em 2009, o “Polvo” foi uma das grandes promessas da juventude do Manchester United, mas seu caminho seria marcado por diferentes obstáculos, então ele teve que se mudar.

Para 2019, Pogba continua um dos jogadores de futebol mais renomados do mundo e conseguiu se tornar um craque e fazer seu nome na Juventus, motivo pelo qual o Manchester United o repatriou para completar seu elenco. Mesma camisa, jogador diferente, sem dúvidas.

Diego

diego-c
Valerio Pennicino/Getty Images & MB Media / Colaborador / Getty Images
Valerio Pennicino/Getty Images & MB Media / Colaborador / Getty Images

Em 2009 Diego já era um craque consagrado, pois havia feito um sucesso danado no Santos ao lado de Robinho (Quem pode esquecer da dupla Diego-Robinho?) e passou o ano entre o Werder Bremen da Alemanha (06-09) e a Juventus da Itália (09-10).

Já o ano de 2019 guardava felizes surpresas para o craque onde, pelo Clube de Regatas do Flamengo, conquistou o Campeonato Brasileiro, a Taça Libertadores da América e ainda ajudou seu time a chegar na final do Mundial de Clubes da FIFA, derrotando o time do Al Hilal, junto com o não menos craque, Filipe Luís.

Simeone

simeone-ba-86142
Dante Fernandez / LatinContent / Getty Images & TF-Images / Getty Images

em 2009, Diego Pablo Simeone estava longe de ser o grande treinador que é hoje. “El Cholo” havia se juntado ao San Lorenzo de Almagro e estava lutando pela liderança da liga na Argentina, mas depois terminou no meio da tabela. Até então, ele já havia passado pelo Racing e pelo Estudiantes de La Plata, além do River Plate, onde deixou uma campanha muito ruim, das piores de sua história.

Atualmente, ninguém pode negar o que ele cresceu como treinador, principalmente com seu trabalho na Europa.

Ronaldinho Gaúcho

gaucho-c
Paolo Bruno/Getty Images & Eóin Noonan/Sportsfile for Web Summit via Getty Images
Paolo Bruno/Getty Images & Eóin Noonan/Sportsfile for Web Summit via Getty Images

Ronaldo de Assis Moreira também é conhecido por outro apelido: O Bruxo, e ele vinha sofrendo tantas cobranças por conta de seu comportamento boêmio que em 2008, deixou o Barcelona e foi para o Milan. No clube italiano, viveu apenas uma temporada de destaque em 2009-2010.

Após mais de 2 anos sem assinar contrato profissional com uma equipe, o irmão de Ronaldinho confirmou que o jogador havia se aposentado. Hoje o Bruxo ainda aparece nas notícias, mas não como jogador, é claro!

Romário

Romario-c
Reprodução/Web & Edwin van Zandvoort/Soccrates/Getty Images
Reprodução/Web & Edwin van Zandvoort/Soccrates/Getty Images

Em 2009, anunciou sua entrada na política, filiando-se ao PSB e concorreu ao cargo de deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro nas eleições de 2010, sendo eleito o sexto candidato mais votado e em 12 de agosto de 2009, Romário surpreendeu o Brasil ao anunciar sua volta aos gramados para defender o America, na Segunda Divisão do Campeonato Carioca.

Em agosto de 2018, o partido Podemos oficializou a candidatura de Romário ao Governo do Estado do Rio de Janeiro nas eleições daquele ano. Romário obteve apenas 8,70% do total de votos válidos, ficando de fora do segundo turno e não se elegendo ao cargo disputado.

Zico

zico-c
ARIS MESSINIS/AFP via Getty Images & Masashi Hara/Getty Images
ARIS MESSINIS/AFP via Getty Images & Masashi Hara/Getty Images

O Jogo das Estrelas de 2009, promovido por Zico, determinou o fim de uma briga entre Romário e o Galinho de Quintino, que começou em 1998, após o corte do Baixinho da Copa do Mundo. Zico então treinava o Olympiacos, da Grécia.

Hoje Zico é diretor técnico do Kashima Antlers, time que já conhece muito bem, e disse que teve que acordar para ver alguns jogos da incrível campanha do Flamengo. “Acordo de madrugada para ver o Flamengo, porque sei que verei um bom futebol.”

Marcelinho Paraíba

Marcelinho-c
Heuler Andrey/LatinContent via Getty Images & Reprodução/Web
Heuler Andrey/LatinContent via Getty Images & Reprodução/Web

Um dos mais experientes jogadores ainda em atividade no futebol brasileiro, Marcelinho Paraíba completou 44 anos em 2019. Em 2009, ele chegou ao Coritiba com a missão de substituir o também ídolo Keirrison, que havia se transferido ao Palmeiras. Marcelinho Paraíba acabou semeando a discórdia no elenco, comissão técnica e diretoria alviverde.

Hoje atuando pelo Treze, da Paraíba, ele diz que sonha em um último grande feito antes de pendurar as chuteiras: ajudar o Galo a conseguir o acesso à Série B do Brasileiro.

Robinho

robinho-c
Martin Rickett/PA Images via Getty Images & Ahmet Bolat/Anadolu Agency/Getty Images
Martin Rickett/PA Images via Getty Images & Ahmet Bolat/Anadolu Agency/Getty Images

Em 2009, logo na sua estreia Manchester City, marcou um belo gol de falta contra o Chelsea, mas não evitou a derrota por 3 a 1. Nos jogos seguintes, Robinho se destacou ainda mais, foi um dos artilheiros do Campeonato Inglês, marcou 14 gols e foi o principal destaque dos Citizens na temporada 2008–09.

Já em 2019, defende as cores do İstanbul Başakşehir FK, que o contratou no fim do ano passado, ou seja, dezembro de 2018.